Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Funcionários de serviços essenciais serão obrigados a usar máscaras diz prefeito de Montes Claros

Montes Claros – Funcionários de serviços essenciais serão obrigados a usar máscaras diz prefeito de Montes Claros

Montes Claros – O prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, em entrevista a uma emissora local de TV, que irá editar um novo decreto na qual será obrigatório o uso de máscaras para os funcionários dos serviços essenciais. A medida, segundo o chefe do executivo, visa garantir maior segurança a população diante do combate ao Novo Coronavírus.

Montes Claros - Funcionários de serviços essenciais serão obrigados a usar máscaras diz prefeito de Montes Claros
Montes Claros – Funcionários de serviços essenciais serão obrigados a usar máscaras diz prefeito de Montes Claros

“Com referência ao isolamento o que tinha que ser feito nós já fizemos. O que nós precisamos fazer agora é incentivar a fiscalização mais ainda, no sentindo de evitar os abusos. Por exemplo, os supermercados, os bancos: está havendo superpopulação de pessoas, amontoando uma pessoa com a outra e assim por diante. O que nós temos que fazer? Vamos baixar um decreto hoje: todo funcionário de banco, todo funcionário de supermercado, todo funcionário de locais que atende o público, que tem contato, vão ser obrigados a usar máscara”, disse.

Ainda de acordo com Humberto Souto, a medida passará a valer na próxima segunda-feira (20). O prefeito lembrou ainda, durante a entrevista, que o município receberá máscaras para a população. A doação será feita pela empresa Coteminas. Cada habitante ganhará, pelo menos, dois kits. “Quando nós conseguirmos doar essa máscara nós vamos exigir que toda população use máscara para melhor a nossa segurança e dificultar a transmissão da doença entre as pessoas”. Em decreto, o uso de máscaras de tecido já é recomendado no município.

avírus. Segundo ele, essa ação deveria ter sido tomada pelo Governo Federal dada a localização de Montes Claros e a referência que a cidade tem para mais de 100 municípios que fazem a saúde pública conveniados com a cidade.

“O que nós podemos fazer: aumentar os leitos; comprar leitos nos hospitais, melhorar os respiradores, e estamos fazendo isso. Já conseguimos aumentar o nível de respiradores. Estamos agora fazendo em tratativas como é que nós vamos fazer um pequeno hospital de baixa complexidade para desafogar os hospitais ou mesmo aumentar os leitos no Aroldo Tourinho [hospital] que tem leitos ociosos. Neste estudo recebemos um pouco de dinheiro do Governo Federal e esse dinheiro nós vamos utilizar para ampliar o atendimento da saúde”.

Humberto Solto garantiu que não vai afrouxar as restrições sobre o funcionamento do comércio. “De maneira nenhuma. Uma cidade igual Montes Claros que já tem 70% das atividades funcionando não tem sentido falar isso. O que nós precisamos fazer agora é apertar a fiscalização e isso é o que nós vamos fazer. Os bancos tem que ter responsabilidade. O supermercado tem que ter responsabilidade e não pode permitir que as pessoas se aglomerem”.

O novo decreto citado pelo prefeito deverá ser divulgado nas próximas horas. A cidade decretou estado de emergência no dia 14 de março e desde então diversas medidas vem sendo adotadas para driblar a pandemia do coronavírus.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *