Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

MG – Minas Gerais chega a 6.419 óbitos após registrar 91 mortes em 24h pelo novo Coronavírus

MG – Minas Gerais chega a 6.419 óbitos após registrar 91 mortes em 24h pelo novo Coronavírus

MG – Após o balanço de segunda-feira (14) indicar um baixo índice de óbitos recentes pelo novo coronavírus registrados em Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) tornou a confirmar nesta quarta-feira (16) uma elevada quantidade de mortes relacionadas à infecção pela Covid-19 e que foram registradas nas 24 horas que antecederam a publicação do relatório. Levantamento divulgado nesta manhã aponta que 91 mortes ocorridas em função de complicações ligadas ao coronavírus receberam confirmação do Estado apenas nas últimas 24 horas – período contado entre terça-feira (15) e esta quarta.

Com o acréscimo, subiu, portanto, para 6.419 o número acumulado de mortes em Minas Gerais que têm como causa a Covid-19. Gráfico contido no documento indica ainda que a maior parcela das mortes recentes registradas pelo Estado aconteceu entre 11 de setembro e segunda-feira. Entretanto, estão descritas também mortes ocorridas no mês de agosto e até um óbito em junho, mas que foram confirmadas apenas nesta quarta-feira (16).

Ainda em relação às mortes, pode-se afirmar que cinco cidades receberam confirmação para os primeiros óbitos de moradores relacionados à Covid-19 também nesta manhã. Até terça-feira, 557 cidades mineiras tinham registrado mortes ligadas à pandemia, número que subiu para 562 no balanço epidemiológico desta manhã. Apesar das elevações nos indicadores, a taxa de letalidade da doença permanece em 2,5% em Minas Gerais.

A média de idade de pacientes que perderam a vida para a Covid-19 é de 71 anos, sendo que em 75% dos casos que evoluíram para óbito foram constatadas comorbidades anteriores – doenças do coração e diabetes são as mais comuns entre elas, e Síndrome de Down e doenças do sangue as menos recorrentes. O balanço também esclarece que crianças e adolescentes menores de 19 anos são os menos afetados pela forma mais grave da infecção pelo coronavírus – até esta quarta foram registradas 19 mortes nesta faixa etária.

Média de 124 casos por hora

O Estado avança em largas passadas para atingir a marca de 260 mil mineiros diagnosticados com a Covid-19. Até esta quarta-feira são 258.595 casos acumulados – aqueles contados desde o mês de março quando a pandemia começou em Minas Gerais. Apenas nas últimas 24 horas a SES-MG declarou ter confirmado 2.989 novos casos da doença, o que representa uma média de 124 novos diagnósticos a cada hora.

Apesar do número ser elevado, a Saúde garante que apenas 27.870 dos casos acumulados estão em acompanhamento – o restante, de acordo com a SES, refere-se a casos recuperados. Outro dado relevante contido no documento diz respeito à necessidade de hospitalização pelos pacientes que descobriram estar infectados. Segundo a Secretaria, 25.948 mineiros contaminados com o vírus necessitaram de internação hospitalar nas redes pública ou privada. Em Minas Gerais fala-se também em um aumento superior a 1.600% neste ano na quantidade de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) se comparado com o mesmo período do ano anterior.

Belo Horizonte é a cidade que concentra a maior quantidade de infectados pelo novo coronavírus. Até esta manhã, 37.030 moradores de BH foram diagnosticados com a doença, que já ceifou 1.136 vidas na capital mineira. O município de Uberlândia, que aparece logo atrás, tem 23.370 casos de Covid-19 e 487 mortes provocadas pela doença segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Atualmente, a pandemia já alcançou 842 municípios mineiros, cerca de 98,7% do total existente em Minas Gerais – apenas 11 cidades não têm casos ou mortes pela Covid-19. Entre estas cidades que atravessam imunes a pandemia está São Thomé das Letras, conhecido destino turístico na região Sul do Estado.