Últimas Notícias

Hidratação pós-treino: saiba o que beber depois de malhar

Água é sempre bom, mas nem sempre é o jeito mais rápido e eficiente de repor os líquidos perdidos.

É normal que a gente termine as atividades físicas com sede. É o jeito que o nosso corpo tem de nos avisar que precisamos repor os líquidos que perdemos durante o treino. Nessa hora, nosso primeiro impulso é tomar água, o que não é exatamente errado. Porém, essa não é a única opção de bebida saudável para esse momento.

Outras bebidas podem fazer efeito mais rápido e, inclusive, potencializar o resultado dos exercícios que você acaba de fazer. Aliás, alimentação e hidratação adequadas são fundamentais para o sucesso de qualquer programa, não só depois, como também antes e durante os exercícios.

Água não basta?

Beber água é recomendado antes, durante e depois dos exercícios físicos, pois ela é fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo, especialmente se vamos submetê-lo a algum esforço físico.

Alguns estudos sugerem, inclusive, que beber mais água pode ajudar quem tem o objetivo de perder peso, porque acelera o metabolismo, já que um corpo bem hidratado trabalha melhor. Além disso, beber água ajuda na sensação de saciedade, o que é ótimo para quem pretende comer menos.

Isso não quer dizer, no entanto, que devemos beber água em quantidade ilimitada, pois também pode não ser uma boa ideia encher o estômago antes dos treinos. Além da possibilidade de atrapalhar a performance, ninguém quer ter que parar uma série para ir ao banheiro, não é mesmo?

No caso dos exercícios, existe ainda outro fator importante a ser considerado: não perdemos só água, mas também sais minerais e eletrólitos. Por esse motivo, pode ser uma boa ideia investir em bebidas formuladas especificamente para essa necessidade, como os isotônicos.

Além disso, em modalidades esportivas mais intensas, como as maratonas, também precisamos de carboidratos para continuar tendo energia. Para quem quer ganhar músculos, também é interessante consumir proteínas, que ajudam a construí-los. Os iogurtes costumam ser boas opções para isso.

A indicação, no entanto, depende bastante da intensidade e do tempo de duração dos exercícios. Em geral, só água é, sim, suficiente para treinos de até 45 minutos. Os isotônicos costumam ser recomendados pela maioria dos especialistas para qualquer tempo maior que esse.

Qual é a bebida ideal?

Várias bebidas podem fazer muito bem no pós-treino, e a ideal depende das suas preferências pessoais e também dos seus objetivos. Instrutores e nutricionistas podem fazer indicações específicas para o seu caso se você quer perder ou ganhar peso, ou se busca melhorar a sua performance.

A água de coco, por exemplo, é um isotônico natural, sendo ótima fonte de minerais, como sódio, potássio e fósforo. Então, faz sentido sempre ter um vendedor de coco próximo aos locais onde as pessoas costumam se exercitar.

Em casa, o soro caseiro é uma boa opção, assim como os sucos naturais de frutas, que hidratam e são fontes de vitaminas e minerais. Além disso, algumas frutas, como o maracujá, ajudam a acalmar, relaxando o corpo pós-prática. Se um dos seus objetivos é perder peso, dispense o açúcar.

A maioria dos isotônicos também é uma boa opção, porque esse tipo de bebida é formulada por profissionais de nutrição esportiva. As outras bebidas industrializadas, como refrigerantes e águas saborizadas, devem ser evitadas sempre que possível. Melhor fugir dos conservantes e aromatizantes tomando água natural.

Os energéticos também não são boas opções para a hidratação, embora alguns atletas tenham o hábito de consumi-los antes e durante os exercícios para ganhar disposição. Eles têm mesmo esse efeito porque contêm cafeína e vitaminas. No entanto, a cafeína tem efeito diurético e pode fazer o contrário de hidratar.