Últimas Notícias

Coluna de Leandro Heringer – O desejo pela paz

O século XXI começou com expectativas, medos, ameaças e esperanças. Desde o chamado “bug do milênio” em que a mudança da data de 1999 para 2000 causas apreensão, passado pelo ataque ao World Trade Center, mudanças políticas, proximidades de acordo de paz, pandemia até a polarização política ocorrida em diversos países o mundo vive diversas situações em que somos postos à prova enquanto seres humanos.

O final do ano e o início do próximo é um momento especial para avaliações, reflexões e renovar a fé, os planos, a esperança e o amor. O Natal potencializa essa questão. A festa de comemoração do nascimento de Jesus Cristo reaproxima de lições e exemplos no enfrentamento a situações complexas.

Ele mesmo disse “No mundo terei aflições, mas tenham bom ânimo. Eu venci o mundo”. Para além da fé, esse texto proporciona reflexão preciosa. Os sentimentos, as lembranças e as expectativas são potencializadas. A solidão, mesmo que temporária, pode trazer pensamentos ruins. Lembrar que todos, até mesmo Jesus, passamos por momentos difíceis pode ser reconfortante. Ter a certeza de que esses momentos, assim como os bons, passam pode trazer esperança.

O mix de situação, sentimentos faz parte da existência do ser humano. Freud apresenta o ID, o Superego e o Ego como componentes da nossa mente. O conflito entre o ID e o Superego é constante. Tomamos decisões orientadas pelo nosso desejo ou pela força do controle a impulsos?

Ter bom ânimo, profissional e pessoal, é entender que, no fim, ficam a fé, a esperança e o amor. O desejo pela paz em conflitos pessoais, familiares, políticos e militares é um bom início para viver de modo equilibrado. Meu desejo para cada leitor e leitora do Jornal Montes Claros nesse fim de ano é de paz! Paz interna e externa possibilitando fluir o amor, a esperança e a fé!

Leandro Heringer