Últimas Notícias

Ativista belga caminha sem roupa pelo Vaticano para “quebrar tabus da nudez”; veja outras polêmicas

Ativista belga caminha sem roupa pelo Vaticano para “quebrar tabus da nudez”; veja outras polêmicas

Qual o limite para desafiar e questionar os valores religiosos? Até onde pode chegar a “quebra de tabus da nudez”? O Mundo Curioso de hoje vai contar um pouco das polêmicas histórias da ativista Marisa Papen.

Ativista belga caminha sem roupa pelo Vaticano para “quebrar tabus da nudez”; veja outras polêmicas
Ativista belga caminha sem roupa pelo Vaticano para “quebrar tabus da nudez”; veja outras polêmicas

 

Mais uma vez a belga se tornou assunto nas redes sociais por suas bizarras campanhas que contestam os valores “comuns” e defendem a nudez. Desta vez, Marisa Papen deixou o medo de lado e mergulhou com diversos tubarões, sem qualquer proteção e nua.

Além do mergulho em Oahu, no Havaí, a modelo, de 28 anos, já cruzou uma parte da Cidade do Vaticano, carregando uma cruz de madeira e novamente, nua.

Em outro flagrante, a ativista foi fotografada sem roupa sentada em duas Bílbias no meio da Praça de São Pedro, também no Vaticano. Um registro ainda flagrou Papen amarrada à cruz que ela carregava.

A lista da colecionadora de polêmicas não para por aí. Ela já foi vista posando nua no Templo de Luxor, no Egito, nas proximidades do Muro das Lamentações, em Jerusalém, e na mesquita Hagia Sophia, em Istambul, na Turquia.

Para a mídia local, Marisa Papen contou que as fotos em locais religiosos foram mais arriscadas que estar perto de tubarões. E pra você essas incomuns formas de protestar contra os tabus da nudez são válidas ou acabam desvalorizando o movimento?