Últimas Notícias
POS ON-LINE PUC MINAS

Mais de metade dos empresários mineiros planeja contratar em 2021. Saiba como se qualificar

Mais de metade dos empresários mineiros planeja contratar em 2021. Saiba como se qualificar

Cerca de 56% dos empresários industriais mineiros planejam fazer novas contratações em 2021. Os dados são da Deloitte Brasil e mostram que o setor industrial se prepara para crescer após a crise econômica causada pela pandemia da Covid-19. No entanto, boa parte das empresas costuma reclamar da falta de mão de obra qualificada para preencher as vagas.

Mais de metade dos empresários mineiros planeja contratar em 2021. Saiba como se qualificar
Mais de metade dos empresários mineiros planeja contratar em 2021. Saiba como se qualificar Ilustrativa

 

Levantamento divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) no ano passado aponta que 50% das indústrias brasileiras têm dificuldade para encontrar trabalhadores qualificados. O setor de biocombustíveis, segundo a pesquisa, é o que mais enfrenta esse problema, em que o percentual chega a 70%.

Nessa hora, os cursos técnicos são fundamentais para qualificação de quem deseja se colocar no mercado de trabalho. Christiano Leal, diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) em Minas Gerais, destaca que essa pode ser a diferença entre a contratação e a rejeição pelo empregador.

“É importante a gente falar que neste biênio 2021/2022 nós teremos um cenário de retomada da economia, onde as indústrias vão precisar trabalhar fortemente em suas linhas de produção com baixo desperdício e grande capacidade de adaptação, os profissionais qualificados com formação técnica vão se apresentar como um grande diferencial, porque eles já vão chegar prontos na indústria”, acredita.

Ele elenca que a formação técnica se destaca em relação à superior por três motivos: é mais rápida, barata e focada no aprendizado prático. No entanto, ele afirma que uma não inviabiliza a outra, pelo contrário, podem se complementar. “É muito comum que um aluno que vislumbre Engenharia, por exemplo, faça um curso técnico primeiro, antes da graduação e a via contrária também é real. Nós temos recebido muitos alunos de Engenharia, que vêm ao curso técnico para adquirir uma vivência maior na questão do conhecimento prático.”

Qualificação

Julia Mendonça Pires, 15 anos, está no 2º ano do Ensino Médio da Escola Sesi Hamleto Magnavacca, em Belo Horizonte, e cursa automação industrial em uma unidade do Senai, na cidade de Contagem. A estudante conta que aproveitou a pandemia para adquirir conhecimento e se qualificar para o mercado de trabalho.

Ciente de que as empresas estão sedentas por profissionais qualificados, ela acredita que o curso técnico vai lhe dar muita vantagem na corrida por um emprego, tão logo acabe de cursar automação. “Minhas expectativas estão totalmente altas, ainda mais analisando histórias de outras pessoas que fizeram cursos no Senai e tiveram uma produtividade muito elevada no contexto de empregos”, conta.

Para ela, além de preparar profissionais mais especializados, os cursos técnicos trazem outros benefícios para os estudantes, o que a faz recomendar esse tipo de formação. “Se tiver uma oportunidade de fazer um curso técnico, faça, porque aumenta muito a chance e mesmo que o emprego não seja 100% garantido, você vai aprender até a procurar o seu espaço, direcionar o currículo”, cita.

Vagas

O Senai de Minas Gerais está com inscrições abertas para mais de 5 mil vagas em cursos em vários municípios do estado. As matrículas para as turmas do primeiro semestre vão até o dia 26 de fevereiro. Então, corre, e garanta a sua vaga! Os cursos duram um ano e meio. A única exigência é que os interessados devem ter concluído o Ensino Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Não há prova de seleção. A classificação depende do limite de vagas. O edital com a lista completa de cursos, vagas e valores das mensalidades para cada município estão disponíveis no site senaimg.com.br.