Últimas Notícias

MG – Após ataque em Igreja Evangélica em Minas Gerais, corpos das vítimas são velados

MG – Após ataque em Igreja Evangélica em Minas Gerais, corpos das vítimas são velados

Paracatu – Os corpos das quatros vítimas assassinadas em Paracatu, na região Noroeste de Minas, foram liberados do Instituto Médico Legal (IML) e são velados nesta nesta quarta-feira (22), segundo a Polícia Militar. Elas foram mortas por Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, que invadiu uma igreja evangélica após esfaquear a ex-namorada. 

Homem mata ex e mais três em ataque em igreja evangélica em Paracatu
Homem mata ex e mais três em ataque em igreja evangélica em Paracatu

 

“Três vítimas são veladas em duas funerárias da cidade. O corpo da Heloísa, por decisão da família, foi levado para Uberlândia (Triângulo Mineiro)”, explicou o tenente-coronel Luiz Magalhães.

Na noite dessa terça-feira (21), três das vítimas participavam de uma reunião na Igreja Batista Shalon quando foram surpreendidas pelo atirador.

O criminoso atirou na cabeça de um homem e uma mulher. Com a chegada da Polícia Militar, que tentou uma negociação com o bandido, ele pegou uma outra fiel como refém e disparou contra a cabeça dela. O homem foi baleado pelos militares, socorrido e segue internado sob escolta policial.

“Tivemos a informação que os médicos já tiraram os sedativos. Dependendo da avaliação médica, ele poderá ser conduzido à delegacia ainda hoje”, afirmou o militar.

Ex-namorada

Momentos antes do triplo homicídio na igreja, Guimarães deu uma facada no pescoço na ex-namorada, que estava na casa da mãe dele.

Ao tentar fugir dos disparos, o pastor da igreja, de 38 anos, sofreu uma lesão no tornozelo.

A Polícia Civil ainda investiga a motivação para o ataque.

A reportagem entrou em contato com as funerárias de Paracatu, mas funcionários disseram que não podem comentar o caso.

Veja a lista de mortos

Heloísa Vieira Andrade, de 59 anos (ex-namorada do criminoso)

Antônio Rama, 67 anos (pai do pastor da Igreja Batista Shalon)

Marilene Martins de Melo Neves, de 53 anos (estava na igreja)

Rosângela Albernaz, de 59 anos (estava na igreja)