Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Montes Claros » Comida di Buteco há 12 anos transformando vidas em Montes Claros

Comida di Buteco há 12 anos transformando vidas em Montes Claros

Comida di Buteco há 12 anos transformando vidas em Montes Claros

O Comida di Buteco (CdB) acontece em Montes Claros há 12 anos. O concurso aconteceu nos anos de 2005, 2006, 2007, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018. Até o dia 06 de maio, o público pode visitar, provar e dar nota aos 19 petiscos concorrentes.

Comida di Buteco há 12 anos transformando vidas em Montes Claros
Comida di Buteco há 12 anos transformando vidas em Montes Claros

 

Este ano, o tema é livre o valor do petisco concorrente está tabela ao valor máximo de R$ 25,90. O CdB está acontecendo, simultaneamente, em 21 cidades das cinco regiões do Brasil.

Ano passado, o vencedor foi o Kina do Kaipirão com o petisco “Kenga do Caipirão”, que é um frango com creme de milho verde acompanhado de arroz primitivo de pilão com açafrão. Os outros vencedores foram: Universo do Beiju (2016); Bar dos Amigos (2015); Cantina do Léo, por três vezes (2005, 2006 e 2010); o Thom Bar em duas edições (2012 e 2014), o Bar Barracão (2011); Bar da Tia Dalva (2013) e o Bar do Divino (2007).

Um dos legados do Concurso Comida di Buteco (CdB) é contar histórias e mostrar as transformações que o concurso realizou nas vidas das pessoas. Um dos casos de transformação é do dono do Bar do Chacal, que participa do Comida há 11 anos.

Geraldo Cesar Silva, ou simplesmente Chacal, conta que neste período em que participa do Comida di Buteco o movimento no boteco chega a crescer até 30% aos finais de semana com amigos, conhecidos e clientes novos e antigos que vão, especialmente, para provar o petisco concorrente.

“Sou um dos mais antigos participantes do CdB e me sinto feliz, porque os clientes chegam, provam o petisco e ficam surpreso. Participar deste concurso é muito bom para o movimento do meu boteco”, destacou.

O Bar do Chacal participa com o prato “Bola Cheia”, que são almôndegas recheadas com molho parmegiana e purê de batata.

Outro que também participa do Comida di Buteco há muitos anos é Thonnely Mendes Silva, conhecido como Thom, que acredita na força transformadora do CdB em seu estabelecimento.

“Há sete anos participo do CdB e cada vez mais sei que fiz a escolha certa. No período do concurso só sirvo o petisco concorrente. As pessoas vêm, provam e aprovam os nossos petiscos. Devo tudo a minha mãe que sempre foi a minha maior incentivadora e quem me ajuda a criar os pratos e dar os nomes”, frisou

O Bar do Thom já foi vencedor do CdB por duas vezes. Este ano concorre com o prato “Bebum Covarde”, que é lombo recheado e marinado na cerveja, servido com queijo muçarela e presunto. Acompanha farofa de ovo com bacon e geleia de abacaxi com pimenta.

Um dos novatos no concurso este ano, Marcus Vinícius Lima Souza, dono do Agridoce se diz extremamente satisfeito em participar do Comida di Buteco e espera crescer sua clientela a partir do prato concorrente que é o “Costelinha Agridoce”, que como o próprio nome diz, é uma mistura do doce com o salgado.

O petisco concorrente é costela suína ao molho agridoce da casa acompanhada de batatas rústicas. “Estamos apostando nessa mistura para agradar o paladar dos nossos clientes. Quem já provou, aprovou”, disse.

Para saber quais os petiscos dos 19 participantes desta edição, basta acessar o link: http://www.comidadibuteco.com.br/montes-claros/botecos/

*Por Wesley Gonçalves

Leia Também

Gastronomia - Receita de Maminha de forno com legumes assados

Gastronomia – Receita de Maminha de forno com legumes assados

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de Maio de 2018. Gastronomia – Receita de …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *