SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Minas Gerais » Centro de Minas » MG – Bebê engasga, para de respirar, mas é salvo por Policiais Militares em Minas Gerais

MG – Bebê engasga, para de respirar, mas é salvo por Policiais Militares em Minas Gerais

MG – Bebê engasga, para de respirar, mas é salvo por Policiais Militares em Minas Gerais

Minas Gerais – Um bebê recém-nascido que havia se engasgado foi salvo após ação da Polícia Militar na noite dessa quinta-feira (30), em João Monlevade, na região Central do Estado. 

MG - Bebê engasga, para de respirar, mas é salvo por Policiais Militares em Minas Gerais
MG – Bebê engasga, para de respirar, mas é salvo por Policiais Militares em Minas Gerais

 

Os pais da criança ligaram para os militares, informando que o filho não conseguia respirar. Os agentes do Comando Tático, Tático Móvel e Grupo Especializado em Prevenção Motorizada Ostensiva Rápido (GEPMOR) seguiram até a residência, no bairro Vale do Sol, onde encontraram o bebê desfalecido.

Rapidamente, procederam com a manobra de Heimlich e a criança voltou a respirar. A técnica de primeiros socorros é utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por um pedaço de comida ou qualquer tipo de corpo estranho que fique entalado nas vias respiratórias, impedindo a pessoa de respirar.

Em seguida, o bebê foi levado, juntamente com o pai, para avaliação médica no Hospital Margarida. Após exames, segundo os militares, a criança foi liberada sem sequelas

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *