Últimas Notícias

Background check para contratação: como funciona e quais são os benefícios para o RH?

Entenda como a prática pode auxiliar profissionais de RH, empresas e candidatos no momento da seleção de emprego.

O uso de soluções de background check para a contratação de funcionários tem sido uma alternativa para tornar mais seguro e eficiente o trabalho de profissionais da área de Recursos Humanos. Por meio desse tipo de ferramenta, é possível verificar as informações sobre os candidatos.

De acordo com a Associação Brasileira de Recursos Humanos de São Paulo (ABRH-SP), o trabalho de recrutamento e seleção é uma tarefa desafiadora, que tem como principal propósito encontrar o perfil compatível com a vaga. Alocar os profissionais nos lugares certos é considerado o segredo para o sucesso das empresas.

O trabalho dos profissionais de RH torna-se ainda mais complexo quando considerado que o repasse de informações falsas durante um processo seletivo é comum. Pesquisa realizada pela empresa Heach Recursos Humanos, em 2020, identificou que 61% dos currículos analisados apresentavam algum tipo de adulteração.

Segundo informações da empresa, foram observadas desde mentiras “mais simples” – que podem ser perdoadas pelo recrutador diante da ausência de outros candidatos – como o nível de fluência de idiomas, até casos mais graves, que podem configurar fraude, como a falsificação de documentos.

Como incorporar o background check à rotina do RH

O background check permite aos profissionais de RH validar informações sobre o candidato a fim de evitar uma série de transtornos que podem ocorrer com a contratação de alguém que não é quem diz ser. Há diferentes soluções disponíveis no mercado, cabe à empresa escolher qual irá atender melhor a sua rotina de trabalho.

O CEO da Exato Digital, Leandro Casella, explica que o background check permite verificar a situação de diferentes documentos, como CPF, título de eleitor, qualificação cadastral no eSocial, entre outros. Também é possível checar a existência de mandados de prisão no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Todas as informações já são publicamente acessíveis nos portais oficiais. Nossa ferramenta oferece relatórios com as informações verificadas em poucos minutos, o que ajuda a agilizar e dar maior precisão ao processo de contratação, além de mitigar os riscos.”

Na avaliação de Casella, a prática de background check deve ser utilizada para o preenchimento de todo tipo de vaga. “É importante realizar a checagem das informações de candidatos aos cargos executivos para minimizar os riscos de sofrer com prejuízos financeiros”, pontua. “Mas além das posições estratégicas, é necessário a checagem para qualquer cargo, de forma a garantir o compliance dentro das empresas.”

O compliance pode ser compreendido como o conjunto de procedimentos adotados por uma empresa para garantir a conformidade com a legislação que abrange o negócio. As regras estabelecidas devem ser seguidas por todos os funcionários, sem exceção. O descumprimento de uma lei implica sanções e penalidades.

Ele exemplifica que as empresas do setor financeiro devem seguir as diretrizes de conformidade dos órgãos oficiais, como o Banco Central (Bacen). “Para isso, é necessário verificar se o candidato não tem indícios de envolvimento com lavagem de dinheiro e fraudes financeiras, por exemplo.”

Benefícios da checagem

O uso do background check traz benefícios para os profissionais de RH, a empresa contratante e os candidatos que participam de um processo seletivo. Para as agências especializadas em recrutamento e seleção, esse tipo de ferramenta confere agilidade e precisão na rotina de trabalho, além de aumentar a credibilidade da marca no mercado.

Quando as seleções são feitas por profissionais de Recursos Humanos da própria empresa contratante, também há o benefício de facilitar a rotina de trabalho, tornando o processo mais ágil e preciso, o que garante mais tempo para a equipe se dedicar a outras demandas.

Para a empresa contratante, o background check é uma forma de evitar irregularidades no ambiente corporativo, como fraude e corrupção, e garantir a conformidade com a legislação. Estar em compliance é sinônimo de maior segurança jurídica e patrimonial, evitando danos à reputação e prejuízos financeiros.

Os candidatos à vaga de emprego também são beneficiados com a prática do background check, uma vez que a seleção torna-se mais idônea com a desclassificação de quem apresenta informações adulteradas.