Inicio » Minas Gerais » MG – Empregados da Copasa entram de greve em todo Minas Gerais

MG – Empregados da Copasa entram de greve em todo Minas Gerais

Mais da metade dos cerca de 12 mil empregados da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) devem entrar de greve a partir da terça-feira (12). A decisão foi tomada em assembleia dos funcionários no último dia 6 de agosto. De acordo com o diretor de comunicação do sindicato da categoria (Sindágua), Rogério Matos, a greve é uma resposta à posição inflexível da Copasa para negociar com os empregados.

MG - Empregados da Copasa entram de greve em todo Minas Gerais
MG – Empregados da Copasa entram de greve em todo Minas Gerais

Rogério explica que o sindicato elaborou uma lista com 48 reivindicações, mas que a direção da empresa optou por não discuti-las com os empregados e propôs o reajuste do salário com base na inflação do ano passado e o aumento do vale-alimentação. “A principal questão é o ganho real no salário dos trabalhadores. A empresa vem lucrando ano após ano e nós entendemos que fazemos parte dessa lucratividade e merecemos uma contrapartida”, resume o diretor.

Questões como revisão do plano de carreira, melhor distribuição dos recursos investidos pela empresa no estado e ampliação das ações internas de saúde e segurança no trabalho também estão na pauta dos manifestantes. “Estamos enfrentando problemas que não aconteciam, como acidentes graves e até mortes no trabalho. São temas que são bons, inclusive, para a empresa, mas o diálogo não está aberto”, afirma Rogério. De acordo com o sindicato, a previsão é fazer uma assembleia no final da terça-feira para reavaliar os rumos da greve em função da posição da empresa.

Esclarecimentos da Copasa

Em nota de sua assessoria de imprensa, a Copasa esclareceu que apresentou proposta de reajuste dos salários e dos benefícios com base no INPC, além do reajuste no tíquete de alimentação de seus funcionários, mas ainda o sindicato optou pela greve. À população usuária dos serviços de saneamento, a Copasa destaca o acordo feito com o sindicato, por intermédio do Ministério Público do  Trabalho, de que a manutenção das demandas essenciais e emergenciais serão mantidas mesmo durante a manifestação.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).