Inicio » Minas Gerais » MG – Filho de vereadora tenta atropelar policial militar, é baleado e morre durante fuga

MG – Filho de vereadora tenta atropelar policial militar, é baleado e morre durante fuga

Um jovem de 26 anos morreu após ser baleado por um policial militar na noite desta sexta-feira, 4 de julho, em Coronel Fabriciano, no Leste de Minas. A vítima tentou atropelar um policial após ordem de parada durante uma blitz de trânsito. O PM envolvido no caso encontra-se preso.

Frederico Paiva é filho da vereadora Carmem do Sinttrocel – Foto: Reprodução Facebook
Frederico Paiva é filho da vereadora Carmem do Sinttrocel – Foto: Reprodução Facebook

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do comando tático realizavam blitz de trânsito, quando o Cabo Fialho deu ordem de parada para o motociclista FREDERICO ALAN DE SOUZA PAIVA, filho da vereadora Carmem Rodrigues de Souza Paiva, a Carmem do Sinttrocel (PC do B). O condutor reduziu a velocidade, perdeu o equilíbrio e deixou a motocicleta tombar para o lado.

Diante da situação, o militar deslocou em direção ao veículo, com intuito de desligá-lo e proceder à abordagem. No entanto, o rapaz ergueu a moto e acelerou bruscamente em direção ao policial, que sentou segurar o guidão para evitar o atropelamento.

Neste momento, o soldado DEIVID MARCELINO DOS SANTOS, começou a gritar para o condutor parar o veículo, ordem que foi desobedecida e em uma manobra arriscada, o condutor jogou a roda traseira da motocicleta contra o soldado e novamente acelerou em direção ao cabo Fialho, prensando-o contra a lateral do veículo guincho que estava estacionado no local.

Após as duas tentativas de atropelamento ao cabo Fialho, o soldado Deivid efetuou dois disparos de arma de fogo na direção de Frederico, que evadiu em alta velocidade sentido Bairro Alipinho. Minutos após, uma senhora chamou os policiais para socorrer um motociclista que teria caído a aproximadamente trezentos metros da blitz.

No local, os militares perceberam que o motociclista era o mesmo que foi baleado durante a blitz. Foi verificado que o mesmo estava sem pulsação e respiração. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada e constatou uma perfuração de arma de fogo das costas do motociclista.

O cabo Fialho foi socorrido ao Hospital da Unimed e atendido pela médica de plantão, que diagnosticou dores na região dorsal.

Diante do exposto, foi dada voz de prisão ao soldado Deivid, que foi conduzido ao quartel do 58º batalhão de Polícia Militar.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).