Inicio » Internacional » América » EUA – Policial mata mais um jovem negro em Saint Louis

EUA – Policial mata mais um jovem negro em Saint Louis

Um policial, fora de serviço, matou, na noite dessa quarta-feira (8), um jovem negro em Saint Louis, no estado de Missouri, nos EUA . Em resposta, os moradores da região destruíram vários carros da polícia, informou a CNN.

Morte ocorre na sequência do homicídio de Michael Brown, jovem negro morto pela polícia de Saint Louis, no subúrbio de Ferguson, há dois meses
Morte ocorre na sequência do homicídio de Michael Brown, jovem negro morto pela polícia de Saint Louis, no subúrbio de Ferguson, há dois meses

O policial disparou 17 tiros na vítima. O chefe de Polícia de Saint Louis, Sam Dotson, disse que o jovem estava armado.

A morte ocorre na sequência do homicídio de Michael Brown, jovem negro morto pela polícia de Saint Louis, no subúrbio de Ferguson, há dois meses. Brown não estava armado quando foi morto.

Grupos de ativistas estão reivindicando uma investigação mais aprofundada do caso.

Os policiais envolvidos nos incidentes são brancos e as vítimas negras, o que pode elevar ainda mais o nível de tensão racial nos Estados Unidos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).