Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Dois presos fogem da cadeia de Rio Pardo de Minas

Norte de Minas – Dois presos fogem da cadeia de Rio Pardo de Minas

Dois presos fugiram na noite desta quarta-feira (20) da cadeia de Rio Pardo de Minas, no Norte de Minas.

Segundo a PC o preso que está foragido é Valdenor Soares de Souza. Ele é condenado há 10 anos de prisão por tráfico de drogas e cumpria pena na cadeia de Rio Pardo há menos de um ano.
Segundo a PC o preso que está foragido é Valdenor Soares de Souza. Ele é condenado há 10 anos de prisão por tráfico de drogas e cumpria pena na cadeia de Rio Pardo há menos de um ano.

De acordo com as informações da Polícia Civil (PC), os presos serraram a fechadura da cela, onde estavam cerca de 15 detentos.

A fuga aconteceu no momento em que um agente foi ajudar um preso que fingiu passar mal durante a noite. Um dos fugitivos foi recapturado momentos depois, em um quarteirão próximo à delegacia da cidade.

Segundo a PC o preso que está foragido é Valdenor Soares de Souza. Ele é condenado há 10 anos de prisão por tráfico de drogas e cumpria pena na cadeia de Rio Pardo há menos de um ano.

Duas tentativas de fuga foram registradas ainda neste mês de novembro.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).