Inicio » Esporte » UFC – Anderson Silva retoma aos octógonos com vitória

UFC – Anderson Silva retoma aos octógonos com vitória

“O campeão voltou”, era o grito que ecoava no MGM Grand, em Las Vegas, na madrugada de sábado para domingo. No mesmo palco onde uma grave lesão na perna o tirou de atividade por mais de um ano, Anderson Silva reencontrou o doce sabor da vitória, uma prova de superação quando muitos diziam que o fim havia chegado. E não foi moleza. O norte-americano Nick Diaz provocou, tirou onda e tentou desestabilizar o brasileiro.

UFC - Anderson Silva retoma aos octógonos com vitória
UFC – Anderson Silva retoma aos octógonos com vitória

Mas não teve jeito. A reposta de Anderson veio na força do braço. Após cinco rounds de muita tensão e trocadas entre os lutadores, a decisão unânime dos juízes (49-46, 50-45, 50-45) sacramentou o triunfo do Spider por pontos.

O nocaute não veio, mas desde os primeiros minutos foi o brasileiro que tomou a iniciativa da luta. Pode não ter sido aquela apresentação primorosa. Afinal de contas, o próprio Anderson nos deixou o povo mal acostumado com tantas performances para lá de incisivas.

Em alguns momentos, o lutador aparentou certo receio em golpes com a perna esquerda, uma hesitação compreensível após 13 meses longe dos octógonos. Porém, em outros, ataques plásticos foram tentados, arrancando suspiros do público presente no MGM Grand. No fim das contas, sua face intacta era a prova do retorno em grande estilo, enquanto Diaz carregava no rosto as escoriações e ferimentos produzidos pelos golpes certeiros do brasileiro.

“Obrigado Deus por me dar mais uma chance. Primeiro obrigado aminha família meus filhos e meus amigos meus amigos de verdade. Esse momento é muito importante pra mim pra toda minha família e pra todos os brasileiros. Queria agradecer a todos vocês que vieram aqui todos os brasileiros, e esse momento pra mim é muito importante por conta de tudo que sofri durante esse ano. Achei que não ia voltar a lutar no começo”, afirmou Spider, bastante emocionado.

Com a vitória, Anderson retoma sua busca pelo cinturão dos pesos médios do UFC. Mas a categoria agora está estacionada com a lesão do norte-americano Chris Weidman, que defenderia seu título diante do brasileiro Vitor Belfort. O futuro da disputa agora está nas mãos de Dana White, presidente do UFC.

Em entrevista ao ufc.com.br, após a luta, Anderson garantiu que não perdeu o controle da luta em nenhum momento.

Raridade

Esta foi a primeira vitória por pontos de Anderson Silva desde 2010. Na ocasião ele derrotou Damian Maia.

Noite brasileira

A vitória do Spider marcou o 100% de aproveitamento dos lutadores brasileiros frente aos estrangeiros no UFC 183. Todos venceram seus combates, com destaque para a exibição de Rafael Sapo e também de Thales Leites, que finalizou Tim Boetsch (katagatame) a 3min45 do 2º round.

Veja os resultados do UFC 183, em Las Vegas 

Card principal

Anderson Silva venceu Nick Diaz por pontos, em decisão unânime dos juízes
T. Woodley venceu Kelvin Gastelum por pontos, em decisão dividida dos juízes
Al Iaquinta nocauteou Joe Lauzon a 3min34 do 2º round
Thales Leites finalizou Tim Boetsch (katagatame) a 3min45 do 2º round
Thiago Alves nocauteou Jordan Mein a 39s do 2º round
Card preliminar
Miesha Tate venceu Sara McMann por pontos, em decisão majoritária dos juízes
Derek Brunson nocauteou Ed Herman a 36 do 1º round
John Lineker venceu Ian McCall por pontos, em decisão unânime dos juízes
Rafael Sapo venceu Tom Watson por pontos, em decisão unânime dos juízes
Ildemar Marajó venceu Rick Monstro por pontos, em decisão dividida dos juízes
Thiago Marreta nocauteou Andy Enz a 1min56 do 1º round
Do Super FC
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).