Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Cerca de R$ 600 milhões serão agilizados para combater a seca no Norte de Minas

Norte de Minas – Cerca de R$ 600 milhões serão agilizados para combater a seca no Norte de Minas

Norte de Minas – Cerca de R$ 600 milhões serão agilizados para combater a seca no Norte de Minas

Norte de Minas - Cerca de R$ 600 milhões serão agilizados para combater a seca no Norte de Minas
Norte de Minas – Cerca de R$ 600 milhões serão agilizados para combater a seca no Norte de Minas

Nada menos do que 125 municípios mineiros já decretaram situação de emergência em decorrência da chuva. Do total de cidades afetadas, mais da metade (65) estão localizadas no Norte de Minas, conforme o balanço divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

Na tentativa de combater a seca na região, o Governo de Minas anunciou nesta quinta-feira (26) que vai agilizar a aplicação de aproximadamente R$ 600 milhões já disponibilizados pelo Governo Federal para a região mais afetada do Estado.
A decisão foi anunciada em Montes Claros durante encontro da equipe do Governo de Minas Gerais com prefeitos e lideranças de mais de 80 municípios do Norte de Minas, no auditório da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams).
Durante o encontro, a presidente da Copasa, Sinara Meireles, voltou a ressaltar a necessidade de a população evitar o desperdício de água, uma vez que não se tem previsão de como será o comportamento do clima nos próximos meses. Ela lembrou que o problema da falta de água já é uma questão bem conhecida da realidade do Norte de Minas e dos vales do Jequitinhonha e Mucuri.
Calamidade pública
Prefeito de Francisco Sá, Denilson Rodrigues, foi um dos dez administradores municipais a expor os problemas causados pela seca. A cidade, que não é atendida pela Copasa, está em estado de calamidade pública desde meados de janeiro, enfrentando o racionamento, pois a barragem do Rio São Domingos, que abastece o município, encontra-se com 5% de sua capacidade. “Precisamos de ações rápidas e emergenciais para enfrentar esse problema, que também afetou a economia local, com perdas de pastagens e de rebanhos”, afirmou.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).