Inicio » Mais Seções » Saúde » Saúde – CTNBio aprova liberação comercial da vacina contra a dengue

Saúde – CTNBio aprova liberação comercial da vacina contra a dengue

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou hoje (8), em Brasília,  a liberação comercial da vacina contra a dengue Dengvaxia, do laboratório francês Sanofi Pasteur. Para que a Dengvaxia possa ser vendida no Brasil, falta agora o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Saúde - CTNBio aprova liberação comercial da vacina contra a dengue
Saúde – CTNBio aprova liberação comercial da vacina contra a dengue

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Segundo a diretora médica da Sanofi, Sheila Homsani, 20 países devem concluir a avaliação do pedido de registro da vacina até o final de 2015. “A aprovação do CTNBio é o primeiro ponto que mostra a seriedade da empresa. Agora a gente só precisa da aprovação da Anvisa para que o Brasil tenha uma vacina contra a dengue”, disse. A Anvisa diz que fez questionamentos à empresa e está avaliando as respostas, porém não dá prazo para o resultado final do pedido de registro.

Relatora do processo na CTNBio, a bioquímica Maria Sueli Felipe explica que a comissão avalia se produtos geneticamente modificados podem causar riscos a pessoas, animais ou ao meio ambiente. “No caso, a vacina traz um vírus que foi modificado para ser atenuado, para não provocar a doença e sim uma resposta imunizante, e, para isso nós demos o ok, ela é segura”.

Maria Sueli explica que esta aprovação ocorreu em prazo emergencial de três meses, tendo em vista o impacto que a dengue tem causado no Brasil. Até agosto foram registradas quase 700 mortes por dengue e 1,4 milhão de casos da doença, 70% mais que o mesmo período do ano passado.

De acordo com o laboratório francês, o imunizante tem eficácia de 60,8% contra os quatro sorotipos da doença, taxa de redução de hospitalização de 80,3% e diminuição de 95,5% de casos graves da dengue. A imunização deverá ser feita em três doses, com intervalos de seis meses.

Segundo Maria Sueli, a eficácia contra o sorotipo 3 foi a menor, o que deixou a eficácia geral mais baixa. “Essa porcentagem é uma média contra os quatro sorotipos. A eficácia contra os sorotipos um, dois e quatro são bem maiores que isso, o três é mais baixo, por isso a média cai, mas é importante ver que, se você for infectado com o vírus tipo dois, você vai estar bem protegido”, explicou a bioquímica.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

A vacina da Sanofi usa o vírus da febre amarela (que, como a dengue, pertence ao grupo dos arbovírus), atenuado e funciona contra os quatro tipos da dengue e é mais eficaz em pessoas com mais de 9 anos. Segundo a comissão, em crianças de 2 a 5 anos, porém, os efeitos colaterais são maiores. Mas a vacina não chega a provocar nenhum risco maior à saúde humana e nem ao meio ambiente.

Tanto a vacina da Sanofi quanto a que ainda está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan, modificam geneticamente o vírus para que ele seja atenuado e, em vez de provocar a doença no paciente, provoque a produção de anticorpos para ela. De acordo com Maria Sueli, esse tipo de vacina é mais moderna e tem maior capacidade de proteção do que as convencionais, que matam o vírus ou fazem a atenuação por calor, porém elas exigem um grau maior de cuidado para a avaliação da segurança.

A vacina do Instituto Butantan está aguardando resultados da segunda etapa de testes, em que pessoas são vacinadas para testar a eficácia do produto. O instituto pediu autorização à Anvisa para entrar na fase três de ensaios, que amplia a abrangência da pesquisa. O produto deve ser aplicado em cerca de 20 mil indivíduos das 27 unidades da federação. O imunizante brasileiro também prevê eficácia contra os quatro tipos de dengue e usa o arcabouço do próprio vírus da doença.

Da Agência Brasil

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).