Inicio » Últimas » Montes Claros – Criança com câncer precisa de uma mãozinha

Montes Claros – Criança com câncer precisa de uma mãozinha

 

15 de fevereiro – Dia Mundial de Combate ao Câncer Infantil

No dia internacional de combate ao câncer infantil, 15 de fevereiro, a Fundação Sara faz um alerta e um apelo à sociedade. O alerta é para que pais, professores, responsáveis e pessoas em geral que lidam com crianças e adolescentes estejam atentos à saúde dos pequenos.  O apelo é para que a sociedade continue a contribuir com o trabalho da entidade, que há 17 anos cumpre a missão de apoiar nos momentos mais difíceis de muitas famílias do Norte de Minas.

Montes Claros - Criança com câncer precisa de uma mãozinha
Montes Claros – Criança com câncer precisa de uma mãozinha

PUBLICIDADE

///////////////////////////

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, o câncer é a maior causa de morte por doença entre um e dezenove anos, índice que pode melhorar muito com duas importantes atitudes: a primeira é o cuidado com a saúde das crianças e adolescentes, o que impacta positivamente no diagnóstico precoce; a segunda é tratamento de qualidade. “Diferente do câncer no adulto, em que muitos tipos são possíveis de prevenção, como ter hábitos saudáveis e fazer exames preventivos, não tem como evitar o câncer infantojuvenil, pois não existem fatores de risco. Assim sendo, um grande aliado do sucesso do tratamento é o diagnóstico precoce”, diz a oncologista pediátrica, Eliana Cavacami.

Ainda segundo Cavacami, os sinais e sintomas do câncer são muito inespecíficos, ou seja, são comuns a diversas outras doenças da infância, e inclusive podem ser confundidos com outras patologias. “Câncer infantil é traiçoeiro e muitas vezes os próprios profissionais da saúde confundem com outras patologias. A grande questão é cuidar. Não aceite sintomas persistentes como algo normal. Nosso alerta é: se há persistência de sintomas, suspeite. Se há suspeita, investigue. Se há diagnóstico de câncer, faça o tratamento, pois as chances de cura chegam a 80% se a doença for diagnosticada no começo e acompanhada de tratamento de qualidade.”

Para aumentar o diagnóstico precoce, a Fundação Sara atua em todo o Norte de Minas treinando os profissionais para suspeitarem da doença. E quando o câncer é confirmado, a família recebe total apoio para seguir adiante. “Muitas vezes, nosso apoio começa antes do diagnóstico. Há casos em que se perde muito tempo com o diagnostico esperando  o agendamento de exames pelo Sistema Único de Saúde – SUS. Daí nós agilizamos os exames  e rezamos para que não seja câncer, mas se for, nós estamos de braços abertos para oferecer total apoio à família. Quando são de fora, as famílias ficam hospedadas na Fundação Sara enquanto estão em Montes Claros. Elas recebem alimentação , apoio psicológico, social, transporte até hospitais e laboratórios, enfim, tudo que precisam paramanterem-se longe de casa. Quem mora em Montes Claros não precisa ficar na entidade, mas conta com todos os demais serviços”, assegura a assistente social, Rosana Soares.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Se você quer ajudar uma criança com câncer, há várias maneiras, dentre elas:

  • Seja um doador de medula óssea! Muitas crianças estão à espera de uma medula compatível para terem chances de futuro. Informações no site hemominas.mg.gov.br
  • Doe produtos de limpeza ou de higiene pessoal e alimentos não perecíveis para a Fundação Sara! A entidade se mantem exclusivamente de doações, e todo mundo pode ajudar;
  • Seja um associado da Fundação Sara ou doe por meio de depósito bancário. Todas as despesas com exames, medicamentos, consultas, transporte e demais gastos são pagos pelos associados. Você escolhe o valor e a maneira que pode ajudar. 

Para associar-se acesse www.fundacaosara.org.br ou ligue (38) 3214-5500

Dados para doação:

Fundação Sara Montes Claros

Banco do Brasil

Agência: 0104-x

Conta Corrente: 5572-7

CONHEÇA A FUNDAÇÃO SARA

A Fundação Sara nasceu da convivência que os pais, parentes e amigos da pequena Sara tiveram com a dor e a esperança durante sua doença, 1996/1997. O transplante muito caro fez com que amigos e colegas do casal, empregados da Cemig, se unissem e promovessem a Campanha “Ajude a Salvar a Vida da Sara”. Apesar de todo apoio, a pequena Sara não resistiu ao tratamento.

Após o falecimento da filha, em novembro de 1997, os pais resolveram colocar em prática o sonho de construir uma entidade em Montes Claros para acolher e dar assistência às famílias com crianças e adolescentes com câncer da região norte mineira, pois viveram a difícil experiência do tratamento fora do domicílio. Assim sendo, investiram o que restou da campanha para instituir, em junho de 1998, a Fundação Sara Albuquerque Costa. Em 17 anos de atuação, a entidade já acolheu e ajudou mais 800 crianças e adolescentes, um trabalho que só é possível porque a sociedade abraça a causa.

A entidade fica no Bairro Canelas, em Montes Claros, na rua André Luiz, 415, e é aberta ara visitas  de segunda a sexta-feira, de 14 às 17h. Mais informações pelo telefone (38) 3214-5500 ou pelo site www.fundacaosara.org.br.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

MG – Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.MG – Homem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).