Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Deputado Gil Pereira participa do lançamento do cartão FNE

Montes Claros – Deputado Gil Pereira participa do lançamento do cartão FNE

Novo produto permite contratação de longo prazo e capital de giro com base em linha de crédito rotativo e com limite pré-aprovado.

Presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa (ALMG), o deputado Gil Pereira (PP) participou nesta sexta-feira (18/03/16), em Montes Claros, do lançamento do Cartão FNE, criado para facilitar a aquisição de bens e insumos financiados com o Fundo Constitucional de Financiamentos do Nordeste (FNE).
Presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa (ALMG), o deputado Gil Pereira (PP) participou nesta sexta-feira (18/03/16), em Montes Claros, do lançamento do Cartão FNE, criado para facilitar a aquisição de bens e insumos financiados com o Fundo Constitucional de Financiamentos do Nordeste (FNE).

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa (ALMG), o deputado Gil Pereira (PP) participou nesta sexta-feira (18/03/16), em Montes Claros, do lançamento do Cartão FNE, criado para facilitar a aquisição de bens e insumos financiados com o Fundo Constitucional de Financiamentos do Nordeste (FNE).

“Trata-se de iniciativa muito importante para os empreendedores dos municípios da área mineira da Sudene, pois significa acesso desburocratizado ao crédito do Banco do Nordeste (BNB)”, declara o deputado Gil Pereira.

Empresas da região interessadas em acessar as linhas de crédito do FNE de forma mais ágil e segura podem procurar o Banco do Nordeste para solicitar o cartão.

O produto, voltado inicialmente para micro e pequenas empresas, permite realizar contratações no âmbito das linhas de longo prazo e capital de giro com base em linha de crédito rotativa e com limite pré-aprovado. Entre os itens financiáveis, está a compra de matéria-prima, insumos e mercadorias necessárias à constituição de estoque, além da aquisição de máquinas, veículos e equipamentos.

Juros

Os juros do Cartão FNE são de 15,89% a.a. (somente para a parcela do FNE), no caso do capital de giro; e 11,18% a.a. no caso de contratação para investimento (crédito de longo prazo). O limite de crédito pode chegar até R$ 1 milhão, de acordo com a avaliação do cliente. Em Minas Gerais, o Banco do Nordeste atende 168 municípios, integrantes da área mineira da Sudene.

Os clientes terão direito a bônus de adimplência (pagamento em dia) de 15% sobre os juros do FNE e poderão parcelar as operações em até 72 meses no momento da compra. Quatro credenciadoras estão habilitadas para transacionar com o Cartão FNE  (Cielo, Rede, Getnet e Global Payments), contribuindo para maior capilaridade no atendimento.

São alguns dos bens financiáveis do Cartão FNE: veículos, móveis, utensílios, máquinas, equipamentos, além de matéria prima e insumos para a indústria, insumos utilizados por empresas turísticas e de prestação de serviços e mercadorias destinadas à constituição de estoques de empresas comerciantes.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

FNE 

Operacionalizado pelo Banco do Nordeste, o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) foi criado em 1988 como instrumento de política pública federal que objetiva contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Nordeste, abrangendo também a área mineira da Sudene e parte do Espírito Santo.

Provido de recursos federais, o FNE financia investimentos de longo prazo e, complementarmente, capital de giro ou custeio. Além dos setores agropecuário, industrial e agroindustrial, também são contemplados com financiamentos os setores de turismo, comércio, serviços, cultural e  infraestrutura.

Por Carlos Humberto Luz

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).