Inicio » Mais Seções » Famosos » Justiça acata denúncia do MP e cunhado de Ana Hickmann responderá por homicídio

Justiça acata denúncia do MP e cunhado de Ana Hickmann responderá por homicídio

Justiça acata denúncia do MP e cunhado de Ana Hickmann responderá por homicídio

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) recebeu, na tarde desta sexta-feira (08/07/2016), a denúncia feita pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) contra Gustavo Correa, cunhado de Ana Hickmann, autor dos disparos que mataram Rodrigo Augusto de Pádua, 30, fã da apresentadora que tentou matá-la após invadir o quarto de um hotel em Belo Horizonte

Justiça acata denúncia do MP e cunhado de Ana Hickmann responderá por homicídio
Justiça acata denúncia do MP e cunhado de Ana Hickmann responderá por homicídio

 

De acordo com a assessoria de imprensa da Justiça, a juíza Âmalin Aziz Sant’ana, do 2º Tribunal do Júri, aceitou a denúncia, que foi protocolada nesta quinta-feira (7) pelo promotor Francisco de Assis Santiago. O acusado poderá ir a júri popular, mas ainda não há nenhuma data marcada para que o julgamento aconteça.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Na argumentação da denúncia, o MP aponta que Correa estava em legítima defesa, mas excedeu essa condição e praticou homicídio doloso. A principal prova disso, para a promotoria, é que Pádua morreu com três tiros na nuca.

Ainda nesta sexta-feira, Ana Hickmann publicou em suas redes sociais uma imagem com o significado da palavra indignação como forma protesto pela medida adotada pelo promotor mineiro. Além disso, a assessoria de imprensa da apresentadora também divulgou uma nota oficial em que os advogados do cunhado de Hickmann repudiam os termos da denúncia do MPMG.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“A defesa de Gustavo Correa repudia veementemente os termos da denúncia ofertada pelo Ministério Público de Minas Gerais, contrariando o excelente trabalho realizado pela Polícia Civil do Estado, onde concluiu-se, após longa e exaustiva investigação, que houve uma ação de legítima defesa”, dizia o texto.

“A defesa ressalta ainda que todas as medidas cabíveis serão adotadas para comprovar a inocência do nosso cliente”, finaliza o texto assinado pelo escritório Bacci e Bemfica Sociedade de Advogados.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).