Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Mãe vende virgindade da filha de 14 anos em Bocaiuva

Norte de Minas – Mãe vende virgindade da filha de 14 anos em Bocaiuva

Norte de Minas – Mãe vende virgindade da filha de 14 anos em Bocaiuva

Uma mulher foi presa por tentar vender ao um vizinho esquizofrênico a virgindade da filha de 14 anos, e também por agredi-la, em Bocaiuva, Norte de Minas. O caso foi registrado pela Polícia Civil como exploração sexual de menor, nessa segunda-feira (18/07/2016), o objetivo da suspeita, de 39 anos, era conseguir uma casa.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

A adolescente de 14 anos, já teria dormido com o vizinho, de 38 anos, ao menos duas vezes; o abuso, porém, não teria acontecido.

Norte de Minas - Mãe vende virgindade da filha de 14 anos em Bocaiuva
Norte de Minas – Mãe vende virgindade da filha de 14 anos em Bocaiuva

 

Uma denúncia anônima foi feita ao Conselho Tutelar da cidade, que na tarde dessa segunda foi até a casa da família, no bairro Bonfim, acompanhado pela Polícia Militar.

Segundo informações do CREAS, “A menina confirmou toda a história para uma psicóloga da rede municipal, do Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social). Ela contou que chegou a passar a noite na casa do vizinho, mas que não chegaram a manter relações sexuais. Por causa disso, ela também vinha sido agredida pela mãe. Ela apanhou de “mangueira”.

A adolescente era submetida à situação de exploração desde os 13 anos de idade com o homem, que possuiu atestado de esquizofrenia, segundo Conselho Tutelar.

“Em troca, a mãe queria, inicialmente, que o vizinho lhe a transferisse a casa, mas ele teve um problema com a documentação e não pode concluir a transação. A família dele está tentando interditá-lo. Aí, então, ele ofereceu para pagar as contas de água e luz dela e a pagar R$ 300. A promessa era que quando a menina completasse 14 anos, que foi no último domingo (17), ela seria entregue em definitivo para ele. A mãe negou tudo; o vizinho também”, explicou Izabella.

oBoticário

///////////////////////////

A assistente social ainda relatou que a adolescente tem uma vida sofrida. “Eles são da cidade de Salinas (Norte de Minas) e estão aqui em Bocaiuva há um ano e meio. Na certidão da menina está escrito ‘pai desconhecido’. A mãe é alcoólatra e veio para a cidade para viver com um companheiro, com quem teve um casal de gêmeos, ainda pequenos. Foi a adolescente quem manifestou o desejo de sair de casa”, finalizou a assistente. A menor está em uma casa de acolhimento institucional.

A Polícia Civil informou que adolescente será submetida a exames para comprovar se houve ou não os abusos, que a mãe foi encaminhada para um presídio da região e que o homem foi ouvido e liberado nessa segunda (18).

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).