Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Escritor mineiro bate recorde com livro de cinco mil páginas

Escritor mineiro bate recorde com livro de cinco mil páginas


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de março de 2015
Last modified:20 de março de 2015

Summary:

Escritor mineiro bate recorde com livro de cinco mil páginas

Escritor mineiro bate recorde com livro de cinco mil páginas

Wilson Mello conquista três títulos junto ao RankBrasil. Ele também é o autor que mais produziu obras de ficção em um ano e o que mais escreveu sobre histórias de arcanjos 

Além de escritor, Wilson Mello é jornalista, professor, músico, artista plástico e revisor profissional / Foto: Wanderson Leandro de Sousa
Além de escritor, Wilson Mello é jornalista, professor, músico, artista plástico e revisor profissional / Foto: Wanderson Leandro de Sousa

O mineiro de Patrocínio, Wilson Mello conquista em 2015 três recordes junto ao RankBrasil na área de Literatura. Apresentando a ‘Guerra de Arcanjos’, com cinco mil laudas, obteve a marca de Maior livro de ficção em número de páginas.

Ele também é o Autor que mais publicou livros com histórias de arcanjos, totalizando 133 obras envolvendo os seres místicos Lúcifer, Miguel e Gabriel. “Gosto de mitologia e escrever sobre esse assunto não é apenas interessante, mas propicia condições de usar toda a imaginação”, destaca o recordista.

Na coleção, o escritor menciona Jesus e o evangelista Lucas, “todos com o objetivo de dar um ar sobrenatural”. O mineiro ainda cita Adão, Eva, Caim e Abel. “Romanceei a vida desses personagens para explicar a origem do homem”.

Wilson Mello ainda obteve o recorde de Autor que mais publicou livros de ficção em um ano, com um total de 175 escritos em 2014. Além da saga ‘Guerra de Arcanjos’, fez a coleção ‘Obsessão’ e outros trabalhos de diferentes assuntos.

Segundo ele, a maioria das obras foram escritas uma de cada vez. “Nos últimos quatro meses, quando mais produzi, cheguei a compor cinco por dia”, conta. O mineiro explica que o mais importante é ter conhecimento, amor pelo trabalho e muita disciplina.

“Não se escreve sobre o que não se sabe. Muita leitura e observação são elementos indispensáveis para um escritor. Escrever é algo mais físico do que intelectual: 90% de transpiração, 5% de inspiração e 5% de técnica”, revela.

De acordo com Wilson Mello, foi uma enorme surpresa e muita satisfação ter o reconhecimento do RankBrasil: “Fiquei muito feliz pela conquista dos recordes porque não tinha esse objetivo. Confesso que demorou um tempo até a ficha cair”, destaca. “Algumas pessoas já me disseram que eu nunca seria um escritor: elas estavam erradas, o tempo provou isso”, completa.

.

História de sucesso

O mineiro já publicou ao todo 200 livros. Também é jornalista, professor de Língua Portuguesa e de idiomas (inglês, alemão e japonês), músico, artista plástico e revisor profissional. Ainda é editor e membro da Academia de Letras de Patrocínio, e produz roteiros de cinema e TV.

Ele começou a compor histórias de ficção aos 15 anos e na época não dispunha nem mesmo de máquina de escrever. “Fazia tudo à mão, nos cadernos de escola mesmo. Éramos muito pobres e não tínhamos condições de ficar comprando material extra”, lembra.

Seu primeiro livro foi ‘Conta Comigo’, lançado em 2001 e pago com recursos próprios. O escritor havia enviado o material para mais de 50 editoras e somente duas retornaram. “Não aceitaram publicar a obra, que aliás se tornou meu grande sucesso: foi adotada em todas as escolas da minha cidade e de muitas outras”.

Aos novos autores, Wilson Mello deixa sua dica de sucesso: “Com muita persistência, determinação e disciplina é possível atingir o objetivo desejado”.

‘Guerra de Arcanjos’

A obra traz a luta entre o bem e o mal, a luz e a escuridão. Fala sobre a queda de Lúcifer e o seu desejo de vingança contra Deus, e seus irmãos arcanjos Miguel e Gabriel. O início se dá no Céu e quando ele é expulso do Paraíso os personagens vão para a Terra tomando formas humanas. A história acontece durante o Império Romano, sob o governo do Imperador Nero.

Wilson Mello decidiu colocar os personagens nesse período por se tratar de uma das épocas mais ricas da história humana. “Foi o ano em que Nero ateou fogo em Roma e culpou os cristãos, pouco tempo depois da morte de Jesus Cristo”, comenta. Segundo o recordista, a obra de ficção tem muita aventura, suspense, terror, romance e amor.

Por RankBrasil

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



EV SSL Certificate