Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Esporte » Copa América » Copa América – Brasil joga mal e perde o jogo diante da Colômbia

Copa América – Brasil joga mal e perde o jogo diante da Colômbia

A Seleção Brasileira jogou mal e sofreu a sua primeira derrota desde o retorno do técnico Dunga. Na noite desta quarta-feira, a equipe nacional teve um atacante Neymar apagado e nervoso e acabou batida por 1 a 0 pela Colômbia, que chegou ao gol com Murillo no primeiro tempo, na segunda rodada do grupo C da Copa América.

Copa América - Brasil joga mal e perde o jogo diante da Colômbia
Copa América – Brasil joga mal e perde o jogo diante da Colômbia

Para piorar, Neymar recebeu um cartão amarelo no final do primeiro tempo, por colocar a mão na bola, e precisará cumprir suspensão contra a Venezuela no domingo, novamente no Estádio Monumental de Santiago. No mesmo dia, a Colômbia enfrentará o Peru em Temuco.

.

O triunfo colombiano deixou a chave bastante equilibrada. Brasil, Colômbia e Venezuela têm 3 pontos cada. O Peru, que jogará com os venezuelanos na quinta-feira, ainda não pontuou.

Além de ter conseguido sobrevida na Copa América, a Colômbia se vingou da derrota por 2 a 1 para o Brasil nas quartas de final da última Copa do Mundo, jogo que ficou marcado pela joelhada de Zúñiga em Neymar. Os colombianos não venciam os brasileiros desde 13 de julho de 1991, quando fizeram 2 a 0 também na fase de grupos de uma Copa América no Chile.

Já o Brasil voltou a perder com Neymar em campo, o que não ocorria desde o 1 a 0 para a Suíça, em Basel, em 14 de agosto de 2013. Na ocasião, o lateral direito Daniel Alves anotou um gol contra.

O jogo – Dunga mudou a Seleção Brasileira na tentativa de ter mais consistência defensiva e efetividade no ataque – trocou o zagueiro David Luiz e o atacante Diego Tardelli por Thiago Silva e Roberto Firmino. Não adiantou.

.

A Colômbia dominou as ações da partida desde os primeiros minutos, com rápidas e envolventes trocas de passes entre Cuadrado, James Rodríguez e Teófilo Gutiérrez. Falcao García atuava mais à frente, para concluir a gol, mas não chegava a dar muito trabalho ao goleiro Jefferson.

Com Elias, Willian e Fred quase nada criativos no meio-campo, a Seleção Brasileira não conseguiu dar uma resposta à altura para a Colômbia. Neymar ainda tentou recuar para armar a sua equipe, sem sucesso, e começou a se enervar. Assim como Roberto Firmino.

Aos 35 minutos, a Colômbia abriu o placar. Daniel Alves cortou mal a bola em uma cobrança de falta da direita de Cuadrado, e a defesa brasileira vacilou na hora de afastar. Murillo aproveitou para chutar para a rede.

O Brasil revidou, mas com violência. Até Zúñiga, aquele que tirou Neymar da última Copa do Mundo com uma joelhada, virou alvo das jogadas mais ríspidas do time de Dunga, cada vez mais nervoso. A torcida colombiana se unia à chilena para provocar, com gritos de “olé”.

Sobrou também para Neymar. Punido com um cartão amarelo por colocar a mão na bola no final do primeiro tempo – precisará cumprir suspensão contra a Venezuela –, o astro do Barcelona extravasou a sua irritação com o árbitro chileno Enrique Osses.

Dunga recorreu a Philippe Coutinho, substituto de Fred no intervalo, para acalmar a Seleção Brasileira. A equipe nacional até ficou mais presente no ataque após a alteração, porém falhava bastante.

Se Neymar não era o mesmo de outros jogos, Roberto Firmino superou negativamente o companheiro. Aos 12 minutos, Elias interceptou um recuo fraco de Murillo para Ospina, e a bola sobrou para o atacante do Hoffenheim finalizar com o gol aberto. Ele isolou.

Como o nível do jogo caiu após a falha de Roberto Firmino, Dunga gastou as suas demais mudanças, com Douglas Costa e Diego Tardelli nas vagas de Willian e Elias. Na Colômbia, o argentino José Pékerman apostou em Ibarbo e Bacca nos postos de Falcao García e Teófilo Gutiérrez.

O Brasil até pressionou a Colômbia nos minutos finais, porém, sem qualquer organização, não produziu o suficiente para ao menos chegar ao empate em Santiago.

Leia Também

Gol de bicicleta de Gareth Bale

Real Madrid conquista tricampeonato e 13º título da Liga dos Campeões

* Por: Jornal Montes Claros - 26 de Maio de 2018. Real Madrid conquista tricampeonato …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *