Publicidade
FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  
Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Donos de bar e boate em Montes Claros são condenados por prática de lide simulada

Montes Claros – Donos de bar e boate em Montes Claros são condenados por prática de lide simulada

Montes Claros – Donos de bar e boate em Montes Claros são condenados por prática de lide simulada

Investigados coagiam empregados a acionar a Justiça por verbas trabalhistas
Montes Claros - Donos de bar e boate em Montes Claros são condenados por prática de lide simulada
Montes Claros – Donos de bar e boate em Montes Claros são condenados por prática de lide simulada
A Justiça aceitou pedido liminar em uma ação civil pública (ACP) do Ministério Público do Trabalho (MPT) e determinou bloqueio e indisponibilidade de bens dos proprietários e sócios/administradores de uma boate e um bar em Montes Claros, no Norte de Minas. Os réus ainda tiveram valores bloqueados em contas correntes, poupanças e aplicações no limite de R$ 100 mil. Os empregadores são investigados por induzir e até mesmo coagir seus funcionários a simular falsas demandas na Justiça do Trabalho.
O MPT abriu investigação após receber, da Justiça do Trabalho, cópias de 14 iniciais de ações trabalhistas com o mesmo teor, objetivando rescisão indireta de contrato com a empresa. “Além da narrativa idêntica, os pedidos eram muito semelhantes, requerendo, inclusive, a liberação de guias CD e SD para fins de recebimento de seguro-desemprego”, explica o procurador do MPT que investigou o caso, Mateus de Oliveira Biondi.
Depoimentos de trabalhadores ao MPT, no momento da denúncia, dando conta de que todos continuavam trabalhando, apesar de terem sido coagidos a ingressarem com as respectivas reclamatórias trabalhistas, reforçaram os indícios da fraude.
Além do bloqueio e da indisponibilidade dos bens, a sentença proferida pela 2ª Vara do Trabalho de Montes Claros determinou que os réus se abstenham de: sugerir, ordenar, solicitar, induzir ou exigir que seus empregados ou ex-empregados ajuízem ações judiciais e de patrocinar ou participar de lides simuladas.
Número do procedimento: PAJ 000486.2017.03.009/7
ACP: 0012009-83.2017.5.03.0100

Leia Também

Saiba como conhecer Nova York fazendo um cruzeiro pelo rio que corta a cidade

* Por: da redação - 16 de agosto de 2018. Saiba como conhecer Nova York …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *