PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Mais Seções » Motor » Denatran suspende implantação de placas no padrão Mercosul

Denatran suspende implantação de placas no padrão Mercosul

Denatran suspende implantação de placas no padrão Mercosul

O Departamento Nacional de Trânsito, o Denatran, suspendeu por 60 dias a resolução que define a implantação das novas placas padrão Mercosul no Brasil. A suspensão passa a valer após a publicação no Diário Oficial, prevista para ocorrer ontem dia 23/03/2018.

Novo modelo de placa veicular será válido a partir de setembro

 

O novo adiamento da mudança das placas atende a um apelo da categoria de estampadores de placas. Segundo o diretor do Denatran, Maurício Alves, não deixou claras quais as reivindicações dos estampadores num vídeo divulgado pelo Ministério das Cidades. A suspensão pode ser prorrogada por mais 60 dias. Pode também ser antecipada com a conclusão do grupo de trabalho que analisa as questões.

Os artigos 4º, 5º e 6º da resolução número 729 do Contran descrevem sobre o credenciamento de empresas estampadoras das placas. As fabricantes de placas serão escolhidas e credenciadas pelo Denatran com contratos de quatro anos. Há prazos estabelecidos para solução de problemas na confecção das placas e previsão de descredenciamento em casos especificados.

Até então, a contratação das empresas responsáveis por produzir as placas era de responsabilidade dos Detrans de cada estado.

Como seria

As novas placas padrão Mercosul começariam a ser instaladas em carros novos a partir de 1º setembro desse ano. Agora, as mudanças devem ocorrer apenas a partir de novembro. As novas placas já são usadas na Argentina e no Uruguai.

Os usados teriam suas chapas substituídas até 31 de dezembro de 2023, quando todos veículos circulantes no País deverão ter as placas. O novo modelo será colocado no caso de transferências de propriedade ou mudança de cidade. Também será colocado na necessidade de uma placa nova por qualquer motivo.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *