Vaga no Bolso
Inicio » Mais Seções » Tecnologia » MRV e Renault apresenta projeto de carro elétrica compartilhada em condomínios com energia solar

MRV e Renault apresenta projeto de carro elétrica compartilhada em condomínios com energia solar

MRV e Renault apresenta projeto de carro elétrica compartilhada em condomínios com energia solar

Em parceria com a Renault, construtora apresenta projeto de mobilidade elétrica compartilhada em seus condomínios com energia solar

MRV e Renault apresenta projeto de carro elétrica compartilhada em condomínios com energia solar
MRV e Renault apresenta projeto de carro elétrica compartilhada em condomínios com energia solar

 

Buscando sempre soluções inovadoras e sustentáveis para os seus consumidores, a MRV Engenharia, em parceria com a Renault, acaba de anunciar no Salão do Automóvel de São Paulo seu projeto para o desenvolvimento do compartilhamento de carro elétrico em seus empreendimentos, o MRV SIM (Sustentabilidade, Inovação e Mobilidade).

Pioneira na América Latina na instalação de placas fotovoltaicas para a geração de energia solar em condomínios do segmento econômico, o projeto de carro compartilhado, em fase de estudo, é mais uma iniciativa da construtora no uso da energia limpa e inesgotável em seus empreendimentos.

A primeira etapa do estudo de desenvolvimento do projeto MRV SIM deixa disponível dois automóveis Renault Zoe para os moradores dos principais empreendimentos com energia fotovoltaica da construtora, um localizado em Belo Horizonte (MG) e outro em São Paulo (SP). Os veículos serão utilizados de forma compartilhada pelos moradores como uma alternativa aos meios de transporte do dia-a-dia. A gestão do compartilhamento dos carros será feita por meio do aplicativo Renault Mobility, que a marca automotiva também testa pela primeira vez com o público externo no país.

Em sua segunda etapa, o estudo será levado de forma itinerante por diversas cidades do Brasil ao longo de 2019. O Renault Zoe adquirido pela MRV irá rodar pelos principais empreendimentos da construtora que tenham a tecnologia de placas fotovoltaicas, promovendo que a recarga do carro seja realizada de forma sustentável.

O foco destas etapas é colher dados do público e da forma de uso para avaliar questões técnicas e comportamentais de uso, como a experiência dos consumidores com o carro compartilhado. “Obtendo bons resultados, o MRV SIM criará um ciclo sustentável para a mobilidade de nossos consumidores, ou seja, serão carros elétricos abastecidos com energia limpa e renovável, atendendo de forma compartilhada consumidores da classe econômica. Este é o futuro que vislumbramos em pouco tempo dentro da MRV”, explica Rafael Menin, co-presidente da MRV Engenharia.

“A parceria sustentável entre a MRV e a Renault complementa o que a construtora já vem fazendo. Até 2022 todos os nossos lançamentos terão energia fotovoltaica disponíveis para os consumidores, o que impactará mais de 600 mil pessoas. Esse número equivale a população de cidades como: Aracaju, Contagem, Sorocaba e Caxias do Sul, entre diversas outras. É a MRV democratizando a energia limpa”, afirma o executivo.

“A Renault é líder na venda de veículos 100% elétricos no Brasil, com mais de 50% de participação de mercado. Desde 2015 comercializamos veículos elétricos a empresas com projetos de sustentabilidade. Para nós, é um orgulho participar de mais uma iniciativa inovadora envolvendo um veículo de nossa gama zero emissão”, afirma Luiz Fernando Pedrucci, presidente da Renault para a América Latina.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *