Últimas Notícias

Coluna da Jerusia Arruda – Escola sem partido

Coluna da Jerusia Arruda – Escola sem partido

ESCOLA SEM PARTIDO

O projeto estabelece que as escolas tenham cartazes com os deveres do professor, entre os quais está a proibição de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária. Além disso, o professor não poderá incitar os alunos a participar de manifestações e deverá indicar as principais teorias sobre questões políticas, socioculturais e econômicas. A proposta é incluir entre os princípios do ensino o respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis, dando precedência aos valores de ordem familiar sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa.

BATE-BOCA NA CÂMARA

Deputados que participam da comissão mista que discute o projeto Escola Sem Partido bateram boca na Câmara, nesta terça-feira. O motivo da discussão é a falta de entendimento em relação ao projeto de lei, considerado uma das principais bandeiras para a educação do presidente eleito Jair Bolsonaro.

PIS/PASEP

O quinto lote do abono salarial do PIS/Pasep para quem trabalhou em 2017 começou a ser pago nesta terça-feira (20). O recurso do PIS pode ser sacado por trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro. Já o Pasep será pago para os servidores públicos cujo número de inscrição termina em “4”. O valor do abono varia de R$ 80 a R$ 954, de acordo com o tempo de trabalho no ano passado. Os recursos do abono liberados ficarão disponíveis até o dia 28 de junho de 2019. Quem perder o prazo de saque fica sem o dinheiro, que vai para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

DISCREPÂNCIA

Uma pesquisa da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) aponta que a média salarial dos negros na capital diminuiu em um ano, enquanto a de não negros aumentou. A remuneração média dos negros reduziu 2,8%, indo de R$ 2.831 a R$ 2.753, enquanto a dos não negros foi ampliada 0,6%, passando de R$ 5.030 para R$ 5.061. Hoje, no Distrito Federal, um trabalhador negro ganha R$ 5,44 a cada R$ 10 recebidos por um assalariado de outra cor. Os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego do DF foram divulgados nesta terça-feira (20), dia da Consciência Negra.

MAIS SAÚDE

O futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que o Mais Médicos precisará ser revisto porque começou errado na sua concepção. “Não deveria ter esse nome. Deveria se chamar Mais Saúde”, afirmou ele, nesta terça-feira em entrevista coletiva. Mandetta criticou o modelo e afirmou que será preciso ser revisto porque a concepção era de um contrato entre Cuba e o PT e não entre o Ministério e os médicos.

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda