Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Norte de Minas » Adventistas do Norte de Minas arrecadam mais de 70 toneladas de alimentos no Mutirão de Natal

Adventistas do Norte de Minas arrecadam mais de 70 toneladas de alimentos no Mutirão de Natal

Adventistas do Norte de Minas arrecadam mais de 70 toneladas de alimentos no Mutirão de Natal 

Igrejas Adventistas do Norte de Minas Gerais realizaram nos últimos dois meses o Projeto Mutirão de Natal. Esta ação é algo presente no calendário dos adventistas no segundo semestre de cada ano, no entanto, o trabalho social realizado por esta denominação religiosa é algo contínuo, ou seja, durante o ano várias ações são realizadas.

Alimentos foram doados para várias instituições e famílias carentes na região
Alimentos foram doados para várias instituições e famílias carentes na região

 

Várias famílias e entidade foram beneficiadas com esta ação em todo o Norte de Minas, resultado do trabalho realizado por esta denominação religiosa.

Em Montes Claros, maior cidade da região, algumas entidades foram beneficiadas, como a Casa Eliana que acolhe pessoas em tratamento do câncer, com sede no bairro São José, Casa da Terceira Idade Sant’Ana, Projetos Corrente do Amor, Pão Nosso de Cada Dia e Alimentando Esperança, este último distribui há três anos, às terças-feiras marmitas para moradores de rua.

Para o pastor Reones Nunes, coordenador do Mutirão de Natal no Norte e Noroeste de MG, a mobilização levou centenas de membros e amigos voluntários a participarem na arrecadação de alimentos, roupas, sapatos e brinquedos. Ele explica que o trabalho foi realizado com os moradores próximos das igrejas, amigos e familiares, no centro comercial e mercados de diversas cidades.

“A arrecadação total no Norte de Minas está chegando a 72 toneladas. Estamos felizes e motivados pela realização do trabalho, e agradecemos a todos os colaboradores que se uniram aos nossos esforços em compartilhar amor através de seus donativos”, enfatiza Nunes.

Missão cumprida

Giscelly Chagas, coordenou o projeto na Igreja Adventista do bairro Independência, com senso do dever cumprido, ela comemora a entrega de 232 cestas básicas nesta comunidade.

“É gratificante a oportunidade que temos de ajudar as pessoas necessitadas e vê-las felizes. Pessoas agradeceram em lágrimas pelo alimento recebido e tão necessário para todos nós. Enfim, acredito que desempenhamos bem o nosso papel de fazer a diferença na comunidade”, frisa Giscelly.

A gestora da Casa Eliana, Iranete Andrade Silva, ressaltou a importância das doações destinadas para esta instituição, que acolhe acompanhantes oncológicos. Ela afirmou que as doações chegaram no momento oportuno e representa benção para esta casa de apoio.

“A casa existe há um ano, sonho idealizado por Eliana, uma morada de Montes Claros, que morreu de câncer muito jovem, aos 35 anos. Continuamos com o legado deixado por ela, que é acolher não somente os pacientes, mas bem como os acompanhantes. Fica nossa gratidão aos amigos da Igreja Adventista pelo gesto de carinho com nossa instituição”, ressalta Iranete,  

Gratidão

Lidinalva Fernandes, fundadora e diretora do Projeto Social Corrente do Amor que assiste famílias carentes na região do bairro Morrinhos, afirma que o sentimento também é de gratidão pelos alimentos destinados a esta entidade. Ela afirma que o “Mutirão de Natal é a oportunidade onde se forma uma grande corrente de solidariedade em prol do próximo”.

Voluntários x

A universitária Márcia Santos, trabalha no escritório administrativo da Igreja Adventista do 7º Dia para o Norte e Noroeste de MG. Ela afirma de maneira objetiva que melhor que trazer os alimentos, é entrega-los.

“Às vezes chegamos em casa e reclamamos porque tem arroz, feijão e abóbora para comer, mas ver que tanta gente tem menos que isso, nos leva a reflexão. Alguns não conseguem nem mesmo comer o que é doado a eles. Nossa mente é muito limitada, não consigo mensurar a quantidade de pessoas que precisam de ajuda e saber que pude contribuir para que alguns tenham um natal melhor, me deixou muito feliz”, comemora.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *