FENICS 2019 - ACI

Inicio » Esporte » Brasileirão » Brasileirão 2019 – Galo faz 4 a 0 no CSA no Horto

Brasileirão 2019 – Galo faz 4 a 0 no CSA no Horto

Brasileirão 2019 – Galo faz 4 a 0 no CSA no Horto

Se jogar sempre, o Atlético pode pensar alto na temporada. Mesmo contra um adversário tecnicamente inferior, a equipe do técnico interino Rodrigo Santana não tomou conhecimento ontem do CSA e venceu sem maiores dificuldades: 4 a 0 no Horto, com direito até a olé.

Brasileirão 2019 - Galo faz 4 a 0 no CSA no Horto
Brasileirão 2019 – Galo faz 4 a 0 no CSA no Horto

 

O resultado deste domingo manteve o time na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos, um a menos que o Palmeiras, que voltou a vencer nesse domingo e tem o resultado contra o Botafogo sob júdice. Em sete rodadas, o Atlético venceu cinco adversários e perdeu duas vezes, um aproveitamento de 71,4%

O jogo. Como esperado, o Galo tomou a iniciativa da partida, com mais volume, troca de passes e variação de jogada. A posse de bola superou os 75% em alguns momentos, tamanha a disparidade. O gol parecia uma questão de tempo. E foi. Depois que Chará acertou a trave aos 11 min, aos 17 min, o garoto Alerrandro, substituto do vetado Ricardo Oliveira, foi derrubado na área. Fábio Santos converteu sua 13ª cobrança em 14 penalidades pelo clube.

O segundo gol não demorou. Ele surgiu de uma bola parada, colocada por Cazares com maestria no ângulo de Jordi. Belo gol! O Atlético não diminuiu a batida e manteve a postura. Poderia ter feito mais um ou dois ainda na primeira etapa. A equipe alagoana era muito esforçada. E só. O time mineiro sempre chegava com muito perigo. Assim, no segundo tempo, aos 4 min, Chará fazia o terceiro, após jogada de Luan.

Com o placar decidido logo cedo, Rodrigo Santana teve a oportunidade de dar uma segurada no time, colocando Vinícius e Geuvânio, pensando no duelo decisivo contra o Santos, na próxima quinta-feira, no Pacaembu, pela Copa do Brasil. O jogo de ida das oitavas, em BH, terminou 0 a 0.

O jogo estava tão favorável que o Atlético relaxou nos contragolpes e teve chance de ampliar. Em uma oportunidade, Alerrandro tocou por cobertura e a bola bateu na trave. E houve tempo para mais um: Adilson, aos 30 min. Agora, pelo Brasileirão, restam duas partidas até a parada para a Copa América: contra o mesmo Santos, na Vila Belmiro, e, em casa, contra o São Paulo.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *