PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Mais Seções » Turismo » Saiba como conhecer a Cidade do Panamá sem pagar taxas viajando pela Copa Airlines

Saiba como conhecer a Cidade do Panamá sem pagar taxas viajando pela Copa Airlines

Saiba como conhecer a Cidade do Panamá sem pagar taxas viajando pela Copa Airlines

Saiba como conhecer a Cidade do Panamá sem pagar taxas viajando pela Copa Airlines
A companhia oferece conexões a partir da capital do Panamá para vários destinos na América Centra, Estados Unidos e Europa.

A cidade do Panamá é o principal hub (centro de distribuição de voos) da Copa Linhas Aéreas A companhia possui um acordo com o governo panamenho para estimular o turismo no país. O passageiro em conexão pode desembarcar na capital do Panamá antes de seguir para o destino final sem pagar uma tarifa adicional. Além de ser uma oportunidade para conhecer a Cidade do Panamá, você pode aproveitar para fazer compras.

A Copa Airlines possui voos para a Cidade do Panamá partindo de Salvador, Recife, Manaus, Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. A companhia oferece conexões a partir do Panamá para vários destinos na América Central e Estados Unidos.

Para ter direito a essa parada é preciso acessar a promoção “Visite o Panama” antes de realizar a compra do seu bilhete. Depois que for feita a compra das passagens aéreas o bilhete ou iniciado a viagem, a promoção não se aplica. Para pagar por uma reserva feita através copa.com e adquirir a promoção “Visite o Panama” você deve selecionar a opção “Reservar e manter meu itinerário por 24 horas” e depois entrar em contato com nossa Central de Reservas ou Escritórios de Vendas.

Valor mínimo

Lembramos a todos os viajantes que visitam viagem Panamá, tenha em mente a sua solvência financeira no momento da chegada. Este é um dos requisitos essenciais de entrada migratórias.

A solvência financeira necessária não deve ser mínima a quinhentos dólares ($ 500,00) ou o equivalente em cartão de crédito, carta de referência do banco do trabalho ou cheques de viagem, também de acordo com a nacionalidade, onde é necessário um outro montante (Resolução 1017 de 22 de Março, 2000)

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *