FENICS 2019 - ACI

Inicio » Mais Seções » Turismo » Onda de calor na Europa: o que deve saber se viajar no verão

Onda de calor na Europa: o que deve saber se viajar no verão

Onda de calor na Europa: o que deve saber se viajar no verão

Vai viajar à Europa durante o verão? Então é fundamental que se informe sobre a onda de calor, seus perigos e como evitar sofrer com ela.

Confrontado com o aumento de chamadas de emergência, e casos de turistas que precisaram de atendimento médico imediato por causa das temperaturas extremas nas cidades europeias com maior atividade turística, em Assseguresuaviagem.com recomendar a los viajantes não se esqueça de levar roupas leves e calçado cômodo, além de contratar um seguro de viagem!

Recordes históricos: as temperaturas chegaram ao seu ponto máximo em várias cidades

Grande parte de Europa tem sofrido as consequências de estar sob uma onda de calor que ultrapassou os 40°C em algumas cidades do Velho Continente, onde se declarou o alerta vermelho.

As altas temperaturas agravaram os problemas de poluição nas grandes urbes, o que levou às autoridades a proibirem a circulação de veículos, responsáveis de emissão de gases carbônicos.

A onda de calor afeta a todas as pessoas, mas existem algumas que estão dentro do que se denomina grupo de risco. Elas são os idosos, as crianças, as mulheres grávidas e aquelas que possuem doenças crônicas.

Quais podem ser as consequências na saúde das ondas de calor?

Estar sob os efeitos de uma onda de calor pode ocasionar os seguintes inconvenientes de saúde:

Insolação. Uma pessoa isolada sofre de dores de cabeça intensos que afetam o bem-estar e o desenvolvimento cotidiano.

Esgotamento. A perda excessiva de água e sal devido a uma intensa sudoração pode causar sensação de debilidade, desmaios, alterações visuais, dor de cabeça, vômitos, náuseas, cãibras, diarreia e palpitações.

Dermatite. É a inflamação da pele pelo suor em excesso. Aparecem pontos vermelhos ou brancos que produzem coceira na testa, pescoço, peito e nas costas.

– Síncope. Ao estar muito tempo em pé em exposição ao calor extremo, o sangue chega mais devagar ao cérebro. Isto pode ocasionar síncopes e desmaios.

Câimbras. São contraturas dos músculos que ocorrem quando após tiver suado, a pessoa bebe água, mas não chega a repor o sal necessário. As câimbras aparecem principalmente nos braços, pernas e abdômen.

Queimaduras. Ao permanecer muito tempo exposto ao sol, podem aparecer manchas vermelhas ou inclusive bolhas muito dolorosas.

Problemas vasculares. A acumulação do líquido nos membros inferiores produz inflamação. Afeta principalmente as pessoas com doenças como hipertensão ou diabete.

Golpe de calor. A consequência mais grave da onda de calor é esta, pois pode inclusive produzir a morte e à falha de diversos órgãos, como o fígado, os rins e o pâncreas.

Também pode produzir delírios, convulsões e até levar ao coma.

 

Diante quais sintomas deve procurar atenção médica?

– Dor de cabeça intensa.

– Câimbras musculares

– Cansaço excessivo

– Insônia ou agitação noturna inabitual

– Febre ou alta temperatura corporal

– Náuseas e vômitos

– Convulsões

– Desmaios e perda de consciência

– Pele vermelha e seca

– Sede intensa

Conselhos para viajar à Europa no verão

Diante as altas temperaturas do verão europeu, confira algumas dicas para viajar ao Velho Continente em período estival:

Beba muita água.Mesmo sem ter sede, é bom beber muita água ou sucos de fruta para hidratar o organismo. Evite bebidas alcoólicas, adoçadas, gasificadas ou com cafeína.

Coma alimentos leves. Prefira comidas leves e evite aquelas que são quentes ou muito condimentadas.

Tome várias duchas por dia. Sempre que possível, refresque-se tomando banho de forma frequente.

Tome cuidado ao se expor ao sol.Use protetor sol, óculos e chapéu para proteger sua cabeça. Se puder, evite sair entre as 11 e as 16 horas, pois é o horário de maior intensidade dos raios UV.

Ao passear, descanse em ambientes climatizados. Por exemplo, em museus, centros comerciais ou cinemas que possuam ar acondicionado. Isto aliviará a sensação de calor

Contrate um seguro de viagem. Además de ser un requisito obligatorio, Para viajar com a segurança de que será atendido e socorrido em casos de problemas derivados da onda de calor.

Use roupas leves e longas. Prefira calças cumpridas e camisetas de manga longa de tecidos leves, a fim de expor ao sol a menor quantidade de pele possível. O melhor e usar roupas de algodão de cor clara. 

Importante: verificar a cobertura do seguro de saúde de viagem para Europa

Já contratou seu seguro de viagem para Europa? Não se esqueça de conferir qual é o alcance da apólice e como utilizar os serviços da cobertura caso sofrer um problema derivado da onda de calor no verão europeu.

Leve sempre com você os papeis da apólice, com o número de contato da seguradora para poder entrar em contato rapidamente e minimizar qualquer inconveniente de saúde que possa ter.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *