SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Minas Gerais » MG – Minas Gerais deve ter sete novos presídios com mais de 2 mil vagas

MG – Minas Gerais deve ter sete novos presídios com mais de 2 mil vagas

MG – Minas Gerais deve ter sete novos presídios com mais de 2 mil vagas

MG – Minas Gerais deve ter sete novos presídios, de acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública, general Mário Araújo. Com as novas unidades, o estado passa a contar com 2.894 vagas para detentos nos presídios.

MG - Minas Gerais deve ter sete novos presídios com mais de 2 mil vagas
MG – Minas Gerais deve ter sete novos presídios com mais de 2 mil vagas

 

Das sete unidades, duas estavam com obras paradas, em Ubá, na Zona da Mata, e em Iturama, no Triângulo Mineiro. As construções dos presídios pararam no final de 2018 e voltaram após negociação com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES). As duas unidades vão ter capacidade para até 388 detentos. O investimento é de R$ 25 milhões.

Em Ubá, 30% das obras já estavam concluídas. Há 11 meses as obras estavam paralisadas. A expectativa é de que o presídio esteja pronto até o fim do ano que vem, de acordo com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública.

O anúncio da construção dos outros presídios foi feita pelo general Mário Araújo, em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta quinta-feira (12). As construções são em Alfenas, Itajubá e Divinópolis, todas com 306 vagas.

O secretário ainda informou que a Mineradora Vale informou que vai construir dois presídios com 600 vagas cada. Eles devem ficar em Lavras e Itabira.

Os presídios construídos pela Vale são uma compensação pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *