Vaga no Bolso

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Minas Gerais » MG – Casos de sarampo crescem 44% em Minas Gerais

MG – Casos de sarampo crescem 44% em Minas Gerais

MG – Casos de sarampo crescem 44% em Minas Gerais

MG – O alerta contra o sarampo é cada vez maior em Minas. Em apenas uma semana, os casos confirmados aumentaram 44%, passando de 18 para 26. Outros 507 estão sob investigação. Na capital, já são oito doentes – quatro vezes mais do que o constatado há sete dias.

MG - Casos de sarampo crescem 44% em Minas Gerais
MG – Casos de sarampo crescem 44% em Minas Gerais

 

Os dados estão em comunicados divulgados ontem pelas secretarias Municipal e Estadual de Saúde. Recentemente, o governo federal colocou o território mineiro em situação de surto da doença, altamente contagiosa e capaz de matar.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo acontece em duas etapas. De 7 a 25 de outubro, o público-alvo é formado por crianças de seis meses a 5 anos. Já a segunda fase, de 18 a 30 de novembro, terá como foco a população de 20 a 29 anos

Proteja-se

Quem apresentar febre, manchas na pele e tosse deve procurar os postos de saúde. A mesma orientação vale para os que não tomaram a vacina.

A assessora da Diretoria de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica da PBH, Jandira Lemos, explica que a maior parte das pessoas já tomou a primeira dose, mas a cobertura da segunda está baixa. “É um momento de alerta e desconfiança. Então, é bom estar atento ao cartão de vacina”.

A confeiteira Carla Ferreira, de 46 anos, se protegeu na semana passada e, nesta, levou o documento do filho, de 17, ao Centro de Saúde São Cristóvão, na Lagoinha, Noroeste de BH, para conferir a situação. “A gente não sabe se precisa. É melhor prevenir”, disse.

A precaução também fez o motorista Richard de Jesus, de 42, se imunizar. “Vi muitas notícias sobre o sarampo”, conta.

Na capital, 179 notificações suspeitas de sarampo estão sob investigação. Em agosto, 120 mil doses da vacina tríplice viral foram aplicadas na cidade.

Ações

Na tentativa de aumentar a cobertura vacinal, a prefeitura da capital colocou em prática a “dose zero”, instituída pelo Ministério da Saúde em agosto, que oferece a vacina para crianças a partir de seis meses.

Nos últimos 30 dias, 9 mil crianças desta faixa etária foram imunizadas, o que elevou índice de proteção para 88%. Ainda segundo a administração municipal, 120 mil doses da tríplice viral foram aplicadas no mês passado.

Em Minas, a Secretaria de Estado de Saúde informou que tem tomado medidas para intensificar a imunização da população, como a abertura de uma sala de vacinação no Aeroporto de Confins.

No Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação acontecerá em duas etapas: de 7 a 25 de outubro e 18 a 30 de novembro.

Por Bruno Inácio e Malú Damázio

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *