Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Minas Gerais » MG – Bolsonaro anuncia R$ 1 bilhão para Minas e estados da região Sudeste por conta das chuvas

MG – Bolsonaro anuncia R$ 1 bilhão para Minas e estados da região Sudeste por conta das chuvas

MG – Bolsonaro anuncia R$ 1 bilhão para Minas e estados da região Sudeste por conta das chuvas

MG – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esteve em Minas Gerais nesta quinta-feira (30) sobrevoando as áreas afetadas pelas chuvas em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Após acompanhar a situação, o governo federal anunciou a liberação de R$ 1 bilhão para a região Sudeste do país afetada pelos temporais. O dinheiro será divido entre Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

MG - Bolsonaro anuncia R$ 1 bilhão para Minas e estados da região Sudeste por conta das chuvas
MG – Bolsonaro anuncia R$ 1 bilhão para Minas e estados da região Sudeste por conta das chuvas

 

Segundo Bolsonaro, o apoio também será prestado por ” demais ministérios, como o da Infraestrutura, que vai fazer a liberação de rodovias que estavam bloqueadas, a Caixa Econômica Federal, com a liberação do FGTS, além da Saúde e demais ministérios”, falou em coletiva.

Acompanhado do governador Romeu Zema (Novo), Bolsonaro se reuniu com prefeitos de cidades atingidas. Ministros e outras autoridades participaram do encontro para definir as ações que serão tomadas por conta das chuvas que atingem o estado na última semana.

Participaram os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), de Betim, Vittório Mendiolli, de Contagem, Alex de Freitas, de Ibirité, William Pereira, de Nova Lima, Vitor Penido e o de Sabará, Wander Borges.

Acompanhando o presidente, vieram os ministros Fernando Azevedo e Silva, da Defesa e Gustavo Canuto e do Desenvolvimento Social, Gustavo Canuto, Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, Osmar Terra, Cidadania, Marcelo Álvaro Antônio, Turismo, Luís Henrique Mandetta, Saúde, Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo.

Em seu discurso, Zema agradeceu ao presidente pela visita ao estado e também aos ministros e lembrou da situação das famílias atingidas pelas chuvas. “Este é um momento em que as prefeituras estão levantando os danos e o Ministério do Desenvolvimento Regional, através do ministro Gustavo Canutto, irá analisar todas estas perdas e disponibilizar os recursos para que as prefeituras possam reconstruir as suas pontes, suas ruas que foram destruídas”, disse.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, afirmou que aguarda as informações que devem ser repassadas pelos municípios do que precisa ser restaurado em cada uma das cidades. “Os municípios devem apresentar essas demandas para o Ministério do Desenvolvimento Regional e os recursos poderão ser repassados assim que os projetos forem analisados e aprovados”, explicou.

Nesta semana, representantes das Defesas Civis municipais e de prefeituras das cidades atingidas participaram de uma capacitação promovida pela Associação Mineira de Municípios (AMM) para colocar as informações do que foi danificado com as chuvas no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres.

Até o momento, segundo a Defesa Civil estadual, 55 pessoas morreram por conta das chuvas no estado e mais de 45 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojas. O órgão também informou que 101 cidades decretaram situação de emergência e outras cinco situações de calamidade pública.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *