Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Nacional » “Desafio da rasteira” que viralizou pode causar paralisia e levar à morte

“Desafio da rasteira” que viralizou pode causar paralisia e levar à morte

“Desafio da rasteira” que viralizou pode causar paralisia e levar à morte

Um novo vídeo toma conta das redes sociais: o desafio da rasteira. Três meninos pulam ao mesmo tempo e o que está no meio cai e bate a cabeça no chão. As imagens viralizaram, tomaram conta dos grupos de Whatsapp e têm preocupado muitos pais.

"Desafio da rasteira" que viralizou pode causar paralisia e levar à morte
“Desafio da rasteira” que viralizou pode causar paralisia e levar à morte

 

O desafio também foi divulgado no Tik Tok, uma rede social focada mais no público infantil e adolescente. Em uma brincadeira parecida, uma adolescente de 16 anos morreu ao bater a cabeça no chão no ano passado.

 

“A família deve orientar as crianças sobre esse tipo de brincadeira, alertar para os riscos da queda e os perigos dos desafios que são divulgados nas redes sociais”, orienta a psicopedagoga Patricia Marques. “O próprio Tik Tok tem um espaço para que os pais comentem e apontem problemas.”

Para Patricia, os pais devem acompanhar de perto o que os filhos estão vendo nas redes. “É importante saber quais são os vídeos mais vistos, quem eles seguem e quais são as séries do momento, sempre tem uma ‘modinha’ e é preciso sentar e conversar.”

A escola também tem a responsabilidade de alertar pais e alunos sobre os perigos desses desafios, mas também deve, na avaliação de Patricia, orientar os funcionários. “Eles precisam saber identificar esse tipo de brincadeira para conversar com as crianças”, diz.

 

Mas nada substitui o diálogo e a presença da família na vida dos pequenos. “As crianças brincam no prédio, na quadra e nem sempre tem um adulto por perto, é preciso manter o diálogo para que elas estejam conscientes dos riscos que estão na internet.”

 

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *