Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

MG – Coronavírus já chegou a 28 cidades mineiras onde não há respiradores

MG – Coronavírus já chegou a 28 cidades mineiras onde não há respiradores

MG – A disseminação da Covid-19 em direção ao interior de Minas Gerais vem ratificando uma das principais preocupações das autoridades: a oferta de respiradores mecânicos, também conhecidos como ventiladores pulmonares. Segundo os dados oficiais disponíveis até esta terça-feira (21), há casos confirmados da doença em 28 municípios que não dispõem de nenhum equipamento. A análise foi realizada pelo Coronavirus-MG.com.br com as últimas informações oficiais do Sistema Único de Saúde (SUS). Cabe destacar que esses dados são de fevereiro, e há uma pequena diferença de 0,64% em relação aos números totais fornecidos atualmente pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES). O governo do estado, porém, não informa os detalhes por município ou microrregião (mais detalhes ao fim da matéria).

MG - Coronavírus já chegou a 28 cidades mineiras onde não há respiradores
MG – Coronavírus já chegou a 28 cidades mineiras onde não há respiradores

As 28 cidades desprovidas do aparelho segundo os registros do SUS representam 20,7% do total de localidades com diagnósticos confirmados até este momento (135). Em três desses municípios, a pandemia já provocou mortes: Belmiro Braga (Zona da Mata), Bonfim (Metropolitana) e Varzelândia (Norte). As vítimas apresentavam comorbidade (outras doenças graves), mas não se sabe se a falta de respiradores influenciou ou não nos óbitos nem se elas estavam sendo atendidas nas próprias cidades — o estado divulga os números conforme o local de residência dos pacientes. Para entender melhor esses dados, a análise levou em conta o Plano Diretor de Regionalização, ou seja, a divisão administrativa que reúne as cidades em microrregiões de saúde. Este é um fator importante pois, além da proximidade e conectividade entre si, esses municípios compartilham os recursos disponíveis na rede assistencial.

Quatro das 89 microrregiões do Estado não possuem respiradores disponíveis, de acordo com os dados oficiais do SUS: Bocaiúva, Francisco Sá, Guanhães e Serro, totalizando 26 municípios.

No outro extremo, as microrregiões com as maiores médias de ventiladores pulmonares a cada 100 mil habitantes são as de Juiz de Fora (57,1), Belo Horizonte (53,7), Uberaba (50,7), Poços de Caldas (49,9), Uberlândia (44,9) e Montes Claros (44,9).

Segundo os últimos números do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), Minas possui um total de 6.263 respiradores, considerando as redes pública e privada. Destes, 5.926 estão aptos para uso, enquanto os outros 337 encontram-se quebrados, em manutenção ou stand by, por exemplo.

Considerando apenas os respiradores existentes em estabelecimentos administrados por órgãos públicos, há 4.657 aparelhos no estado, sendo 4.366 deles disponíveis para uso.

Reforço De acordo com a Secretaria de Saúde, existem atualmente 220 respiradores inabilitados sendo reparados para reforçar o atendimento aos pacientes em tratamento com Covid-19. No dia 13 de abril, a Advocacia-Geral do Estado (AGE) também conseguiu junto à Justiça Federal a liberação de R$ 84 milhões para a compra de até 1.600 novos aparelhos. O valor é parte da quantia que se encontra depositada em juízo pela Samarco a título de garantia pelo desastre na barragem de Mariana, ocorrido em 2015.

Nota

Os 28 municípios sem respiradores são: Alpercata; Belmiro Braga; Bonfim; Carmo do Cajuru; Divinésia; Espírito Santo do Dourado; Ferros; Goianá; Guimarânia; Ipaba; Itaguara; Jeceaba; Mário Campos; Maripá de Minas; Marliéria; Monte Azul; Munhoz; Porto Firme; Santa Maria de Itabira; Santana do Paraíso; São Brás do Suaçuí; São José da Lapa; Sarzedo; Senador Amaral; Sobrália; Toledo; Varzelândia e Vazante.

É importante destacar que há uma pequena diferença entre os últimos números oficiais do SUS e os divulgados atualmente pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais. O governo do estado, porém, não informa esses dados detalhados por município ou microrregião. Os números da SES são os seguintes: Respiradores: 6.303 (+0,64%) Respiradores disponíveis: 5.964 (+0,64%) Respiradores na rede pública: 4.761 (+2,2%) Respiradores disponíveis na rede pública: 4.473 (+2,4%)

Por Cristiano Martins do Coronavirus-MG.com.br.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *