Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

MG – PM atendeu 313 ocorrências por descumprimento de medidas contra a Covid-19 em MG

MG – PM atendeu 313 ocorrências por descumprimento de medidas contra a Covid-19 em MG

MG – A Polícia Militar de Minas Gerais já atendeu 313 ocorrências no Estado relacionadas ao descumprimento das medidas de isolamento social por causa da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19). Os registros foram entre os dias 11 de março e 27 de abril e estão relacionados a festas ou eventos em casas ou sítios e a comércios que não deveriam estar funcionado.

MG - PM atendeu 313 ocorrências por descumprimento de medidas contra a Covid-19 em MG
MG – PM atendeu 313 ocorrências por descumprimento de medidas contra a Covid-19 em MG

“Desde o início da pandemia a Polícia Militar tem se esforçado no cumprimento dos decretos estaduais e municipais referentes às medidas adotadas de distanciamento social por causa da pandemia. Essas ocorrências são referentes a aglomeração de pessoas, comércios irregulares e também eventos realizados em descumprimento a determinações municipais”, esclareceu a capitão Layla Brunella, chefe da Sala de Imprensa da Polícia Militar de Minas Gerais.

Segundo ela, quando a Polícia Miliar é acionada nesses casos, o primeiro contato é com a finalidade de orientar o infrator. “A ideia é mostrar àquela pessoa que ela está descumprindo a norma e que há a necessidade de interromper o evento ou fechar o comércio, de evitar aquela aglomeração em uma fila ou determinado ponto da cidade”, explica a capitão.

Ainda de acordo com ela, caso haja desobediência da determinação policial ou insistência no descumprimento da norma, o infrator pode ser conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

“São raros os casos dessa condução, porque grande parte das situações em que a Polícia Militar foi acionada bastou a orientação e a mediação do conflito para que a situação fosse resolvida de imediato. O mais importante neste momento é que tenhamos a contribuição de todo cidadão. O comportamento individual é importante para passarmos por esse momento de pandemia”, complementa a capitão.

Quem souber de descumprimento das normas de isolamento social pode ligar para a Polícia Militar e fazer a denúncia por meio do 190.

Casos

No último domingo (3), um empresário foi preso no bairro Belvedere, região Centro-Sul de Belo Horizonte, após realizar uma festa com cinco pessoas e com som alto no prédio. Ele estava embriagado e se recusou a abaixar o som, além de ter desacatado os policiais e resistido à prisão – por causa disso, foi levado à delegacia.

Já em Nova Lima, na região metropolitana da capital, que também adotou medidas de isolamento social, um baile funk foi realizado no último fim de semana com 50 pessoas. Três acabaram detidas por promover a festa, tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Medidas restritivas

Eventos com aglomerações de pessoas estão proibidos em Minas para evitar a disseminação da doença. O que deve ou não funcionar no comércio depende de decretos municipais. Em algumas cidades, como Belo Horizonte, só está permitido o funcionamento do comércio essencial, como farmácia, supermercado e açougues.

Na cidade também é obrigatório o uso de máscaras, e, nesta terça-feira (5), um decreto estabeleceu duas novas restrições por causa do vírus. Foi determinada a proibição da realização de eventos dentro de carros, que são conhecidos como “drive-in”, sob pena de multa de R$ 20 mil, e eventos em áreas comuns de condomínios, sob penalidade de 20 vezes o valor do condomínio do prédio para o infrator.

Balanço 

Minas Gerais já tem 94 mortes e 2.452 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicado nesta terça-feira (5). Há ainda 89.602 casos por suspeita da doença em investigação e 94 óbitos também sendo investigados. Já são 185 municípios de Minas com pessoas infectadas pelo novo coronavírus, e em 48 há registros de óbitos.

Belo Horizonte segue sendo a cidade com mais casos e mais mortes. São 22 óbitos e 829 pessoas infectadas. Uberlândia, no Triângulo Mineiro, tem oito mortes e 134 pessoas com a doença confirmada. Já em Juiz de Fora, na Zona da Mata, são 217 infectados e seis mortos.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *