Últimas Notícias

Montes Claros – Vereador alerta sobre o aumento de casos de dengue e solicita reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti

Montes Claros – Vereador alerta sobre o aumento de casos de dengue e solicita reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti

Montes Claros – Aumento de casos de dengue e reforço do quadro dos agentes de saúde foram solicitados durante reunião ordinária da Câmara Municipal de Montes Claros.  Em seu pronunciamento, o vereador Wilton Dias (PTB) pediu atenção e maior fiscalização para o controle da infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

Montes Claros - Vereador alerta sobre o aumento de casos de dengue e solicita reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti
Montes Claros – Vereador alerta sobre o aumento de casos de dengue e solicita reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti Divulgação

 

O parlamentar também defendeu o aumento do efetivo para fiscalização. “Precisamos de pelo menos 211 novos agentes para ajudar neste combate”.  Wilton Dias informou que será enviado ofício de seu gabinete ao Senador Carlos Viana solicitando a intervenção junto ao Ministério da Saúde para que seja liberado recurso complementar para contratação dos novos agentes. Atualmente o município conta com aproximadamente 370 agentes.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de Montes Claros divulgou em seu portal, no dia 22 de janeiro, o primeiro Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) desse ano. A amostragem foi realizada no período de 11 a 15 de janeiro e envolveu 8.843 imóveis. Desse total, foram encontrados focos do mosquito em 860 residências, atingindo assim o Índice de Infestação Predial de 9,7%. Dos 860 imóveis positivos, 7 são terrenos baldios e o restante, 853, são edificações, ou seja, 99% dos focos foram encontrados em residências.

Conforme os dados, foi constatada redução de 0,6% em relação à pesquisa feita em janeiro de 2020. O levantamento demonstrou, por exemplo, que houve uma diminuição da infestação de 14,32% para 7,59% na região dos bairros Todos os Santos e Panorama. Já na região dos bairros Recanto das Águas e Jaraguá houve uma redução de 11,42% para 7,46%. Por outro lado, a região dos bairros Renascença, Alcides Rabelo e Planalto apresentou aumento de 12,5% para 23,6%, no índice de infestação.

De acordo com o CCZ e a Secretaria de Saúde, já foram iniciadas ações técnicas operacionais específicas de intensificação de combate ao mosquito. O CCZ ressalta a importância da participação da comunidade nessa batalha contra o mosquito transmissor.

Prevenção

Confira algumas medidas para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti:

– Realizar limpeza periódica e vedamento dos tambores e tanques;

– Limpar semanalmente os ralos e usar tela de malha fina;

– Destinar o lixo para coleta pública;

– Escoar a água dos pratos e suportes de plantas;

– Limpar e drenar calhas, lajes e piscinas;

– Manter os lotes limpos.