Últimas Notícias

Como o tempo seco afeta a saúde da pele?

Conheça os impactos do tempo seco na pele e como cuidar melhor.

Quando chegam as estações frias e a umidade cai, o tempo fica seco e pode acabar gerando algumas complicações para a saúde. Além dos desconfortos respiratórios, na garganta e nos olhos, a pele também fica mais exposta e pode sofrer com os efeitos do clima.

Com a combinação de tempo seco e poluição (mais presente em grandes metrópoles), a derme pode ficar mais ressecada e com mais dificuldade de combater os radicais livres. Acompanhe, abaixo, algumas dicas práticas para cuidar melhor da sua pele nas estações mais secas do ano.

Hidratação

Quando o clima fica seco, o corpo produz menos óleo e o ressecamento se torna comum. Por isso, esse é o momento propício para dar uma atenção especial a uma boa hidratação. Escolha dermocosméticos mais potentes e com mais ativos de hidratação na formulação, mesmo que a sua pele seja do tipo oleosa. Utilize cremes hidratantes mais vezes ao dia, sobretudo após os banhos.

Hidratar os lábios também é fundamental para evitar que queimem ou fiquem com rachaduras, que podem, inclusive, aumentar o risco de infecções. Consulte um dermatologista e escolha os produtos de sua preferência.

Cuidados durante o banho

Quando o clima esfria, é natural que os banhos se tornem mais quentes. Porém, água com a temperatura muito elevada pode retirar a camada de oleosidade natural da derme, que ao longo do tempo pode acabar ficando com um aspecto craquelado e até mesmo com prurido (coceira).

O ideal é tomar banho com água morna. Se para você for muito difícil não tomar banhos quentes, vá diminuindo a temperatura aos poucos até se acostumar com uma temperatura mais amena. Ainda durante o banho, outro cuidado pode te ajudar a manter a saúde da pele em dia: a escolha do sabonete. A maioria dos cosméticos possui uma quantidade elevada de sal, seja para manter o pH ou para obter algumas fragrâncias. Isso colabora para a retirada de água da pele. Por conta disso, prefira produtos neutros.

Água

Essa dica pode até parecer um clichê, mas é a mais antiga e universal verdade. A hidratação de dentro para fora é essencial para a derme. Beber água é muito importante para o funcionamento do seu organismo e também da sua pele. A água mantém a umidade da pele e fornece alguns dos principais nutrientes às células, aumentando a elasticidade.

Além disso, beber água com frequência também aumenta a taxa metabólica do organismo, melhorando o sistema digestivo e ajudando a eliminar as toxinas do corpo.

Outros cuidados para se prestar atenção

Além de todos os cuidados citados acima, alguns outros pontos podem passar despercebidos, como por exemplo o uso constante do aquecedor. Esse equipamento é realmente um grande aliado em dias frios, mas ele também retira um pouco a umidade do ar, por mais que às vezes você possa não perceber. Tente não deixá-lo ligado o dia inteiro e alternar sua disposição entre os cômodos da casa.

Outra dica importante para manter o ar mais úmido é utilizar um umidificador ou um climatizador. Uma opção a esses equipamentos é a boa e velha toalha úmida, que pode ficar no cômodo em que você mais passa tempo. Essas dicas para umedecer o ar valem não somente para os dias frios, mas também para os dias mais quentes. Geralmente, é nesses climas extremos que o ar perde mais a umidade e causa danos diretos à derme.

Agora que você já sabe como melhorar a saúde da sua pele quando o tempo estiver seco, que tal começar a colocar em prática? A sua pele com certeza agradecerá muito.