Inicio » Nacional » Brasil – Nível do Cantareira tem nova queda e registra 7,4% da capacidade

Brasil – Nível do Cantareira tem nova queda e registra 7,4% da capacidade

O nível nos reservatórios do Sistema Cantareira segue em queda e atingiu nesta quinta-feira (25) 7,4% de sua capacidade de armazenamento, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Há um ano, o volume armazenado era 41,6%.

A Agência Nacional de Águas (ANA) informou, na manhã desta quarta, que ainda não recebeu o Plano Operacional dos Reservatórios, que deveria ser entregue pela Sabesp
A Agência Nacional de Águas (ANA) informou, na manhã desta quarta, que ainda não recebeu o Plano Operacional dos Reservatórios, que deveria ser entregue pela Sabesp

A Agência Nacional de Águas (ANA) informou, na manhã desta quarta, que ainda não recebeu o Plano Operacional dos Reservatórios, que deveria ser entregue pela Sabesp. O estudo é exigido para que a companhia seja autorizada a utilizar a segunda cota da reserva técnica do Cantareira, o chamado volume morto, que introduziria 106 bilhões de litros de água ao sistema. A Sabesp tem até sábado (27) para enviar o documento.

De acordo com a companhia, a obra para captação da segunda cota, que foi autorizada pelas agências reguladoras, está em andamento, mas só será usada se houver necessidade. Mesmo que não haja chuva, o abastecimento se sustenta até março de 2015, quando é retomada a estação chuvosa, garante a companhia.

O Cantareira, que fornece água para 9 milhões de pessoas na Grande São Paulo e para as bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, sofre a maior falta de chuva de sua história. Em maio, teve início o uso da reserva técnica, que acrescentou 182,5 bilhões de litros de água, o equivalente a 18,5%, do volume total do sistema. 

Agência Brasil

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).