Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa 2018 – Dunga exalta superação e dá nota 8,5 para seleção em vitória sobre Venezuela

Copa 2018 – Dunga exalta superação e dá nota 8,5 para seleção em vitória sobre Venezuela

O técnico Dunga considera que a seleção brasileira jogou um bom futebol contra a Venezuela e por isso venceu bem o jogo da noite desta terça-feira (13) no Castelão.

"Queríamos ganhar, mas não ganhar de qualquer jeito e sim apresentando bom futebol para nós mesmos, pela nossa qualidade técnica", disse Dunga
“Queríamos ganhar, mas não ganhar de qualquer jeito e sim apresentando bom futebol para nós mesmos, pela nossa qualidade técnica”, disse Dunga

.

.

O placar de 3 a 1 foi, para ele, consequência do poder de superação e da confiança dos jogadores, após a derrota por 2 a 0 para o Chile na estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Ele deu nota 8,5 para a equipe, tirando meio ponto pelos gols perdidos.

“Queríamos ganhar, mas não ganhar de qualquer jeito e sim apresentando bom futebol para nós mesmos, pela nossa qualidade técnica”, disse o treinador, que também destacou a importância da torcida cearense na boa performance da seleção. “O jogo foi desencadeando bem e tenho de dar os parabéns ao torcedor, que entendeu o espírito do jogo e aplaudiu a equipe quando ficou mais tempo. Com esse apoio, a equipe voltou ao jogo com qualidade.”
O treinador explicou as entradas do goleiro Alisson e do atacante Ricardo Oliveira, dizendo que ao escalar ambos levou em consideração as características da Venezuela. “O Alisson tem boa estatura e a equipe da Venezuela joga muitas bolas na área”, justificou. Jefferson vinha falhando muito nas saídas do gol.
.
.
Sobre o artilheiro santista, o treinador explicou que sua entrada teve o objetivo de espaçar mais as linhas defensivas da Venezuela. “A equipe da Venezuela tem duas linhas de quatro e a característica dele era importante para criar espaço entre essas linhas”, disse Dunga, que a partir de agora vai pensar na partida de novembro contra a Argentina. Ele não sabe se repetirá a escalação com um homem de área em Buenos Aires.

Do Estadão Conteúdo

.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *