Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Mais Seções » Saúde » Saúde – Mitos e verdades sobre suplementos de academias

Saúde – Mitos e verdades sobre suplementos de academias

Saúde – Mitos e verdades sobre suplementos de academias

Saúde - Mitos e verdades sobre suplementos de academiasOs suplementos de aminoácidos de cadeia ramificada, mais conhecidos como BCAA, são muito procurados por quem quer ganhar massa muscular e melhorar o desempenho em determinadas atividades físicas. O problema é que muita gente utiliza esses produtos sem acompanhamento nutricional, o que pode interferir diretamente no alcance dos objetivos.  Portanto, se você malha e consome tais suplementos, fique esperto.
Em 2009, o American College of Sports Medicine publicou uma revisão das principais diretrizes de nutrição, alimentação e suplementação para a prática de esportes. Na publicação, a entidade destacou que os suplementos de aminoácidos não causam efeitos ergogênicos no organismo de acordo com o previsto, ou seja, não são capazes de melhorar a performance nas atividades esportivas como muita gente espera.
É verdade que o uso de BCAA pode evitar a perda de massa muscular e levar à hipertrofia?
Os suplementos de aminoácidos são formados por leucina, isoleucina e valina. Essas substâncias apenas “participam” da síntese de proteínas no organismo de modo isolado, ou seja, não são capazes de induzir o desenvolvimento de proteínas e, por consequência, o aumento da massa muscular. Também estão envolvidos outros aminoácidos, que devem ser consumidos apenas por meio de alimentos como leites e derivados, carnes e ovos.

Quando a suplementação com BCAA é recomendada?
Principalmente, quando há deficiência de BCAA no sangue. Durante o exercício físico, as concentrações de BCAA no sangue podem cair, justamente para suprir a necessidade de aminoácidos dos músculos no treino. Desse modo, é possível que ocorra fadiga muscular, devido ao aumento do hormônio serotonina no cérebro, o que pode acarretar overtraining (excesso de treinamento).
Pessoas com quadro nutricional adequado e que realizam atividades endurance (treinos frequentes com mais de 90 minutos e nos quais há o aumento da média da frequência cardíaca e do consumo de oxigênio), de alta intensidade, são suscetíveis à deficiência de BCAA no sangue.
Outra indicação seria para vegetarianos com limitação na dieta, visto que há a necessidade de consumir mais proteínas de qualidade em quantidade suficiente para aumentar a aminoacidemia de BCAA no sangue. Nesses casos, siga a suplementação em doses controladas e prescritas por nutricionista.
bcaa-meio2
Quando adequados aos critérios citados de suplementação, eles devem ser consumidos antes, durante ou após o treino?
Com o intuito de evitar a fadiga relacionada ao treino, certamente uma maior oferta dos aminoácidos antes do exercício garantirá a maior concentração no sangue, evitando a queda do rendimento esportivo. Mas, se o seu objetivo for apenas aumentar os teores de BCAA no sangue e sua massa muscular, basta ingerir antes e depois do treino.
Para praticantes de atividades físicas prolongadas (maratonas, por exemplo), o consumo durante o treino ou a competição pode manter o fornecimento de BCAA do sangue para o tecido muscular, garantindo tanto a parcela de oxidação e produção de energia, como reduzindo a possibilidade de overtraining.
Existem contraindicações ou efeitos adversos com o consumo do BCAA?
De um modo geral, não. Contudo, as gestantes devem evitar esses produtos, assim como pacientes com esclerose lateral miotrófica ou em tratamento para o alcoolismo, em função das possíveis complicações que podem ocorrer nos rins e no fígado.
*Vale destacar que esse artigo é apenas informativo! Antes de consumir suplementos, consulte um nutricionista esportivo. Só ele será capaz de avaliar suas reais necessidades para o uso desses produtos. 

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *