Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Decretação de Estado de Calamidade Pública é aprovada por unanimidade na Câmara de Montes Claros

Montes Claros – Decretação de Estado de Calamidade Pública é aprovada por unanimidade na Câmara de Montes Claros

Montes Claros – O Decreto Municipal nº 4.016, datado de 1º de abril de 2020 e de autoria do Poder Executivo, que declara Estado de Calamidade Pública na cidade e abre crédito adicional extraordinário no orçamento vigente, foi aprovado por unanimidade na manhã dessa segunda-feira, 6, pela Câmara Municipal de Montes Claros.

Montes Claros - Decretação de Estado de Calamidade Pública é aprovada por unanimidade na Câmara de Montes Claros
Montes Claros – Decretação de Estado de Calamidade Pública é aprovada por unanimidade na Câmara de Montes Claros

Em sessão extraordinária, os vereadores promulgaram o decreto alterando a situação de Montes Claros, que passou de Emergência em Saúde Pública, conforme o Decreto nº 4.001, de 13 março, para Calamidade Pública, valendo até o dia 31 de dezembro deste ano.

Consta ainda no novo Decreto a abertura no orçamento deste ano de crédito adicional extraordinário no valor de R$ 1.181.420,00 para dotação orçamentária de enfrentamento emergencial ao coronavírus. Os recursos do crédito são necessários para o atendimento de despesas imprevisíveis e urgentes necessárias ao enfrentamento da pandemia do COVID-19.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Um comentário

  1. Com apenas um caso confirmado, muito menos que outras cidades de Minas, e ainda estendendo o prazo até dezembro, em ano eleitoral, isso tem cheiro da política suja e podre de quase sempre, o orçamento vai para medidas de enfrentamento da pandemia….os hospitais estão se recusando a atender pessoas c outros problemas de saúde grave por causa dessa ” pandemia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *