Últimas Notícias

Fazer atividade física pode causar flacidez nos seios?

Quem adora praticar atividades físicas, como corrida, precisa ficar ciente sobre os possíveis impactos dessa atividade sobre o corpo e o que fazer para reduzi-los. Confira algumas dicas para entender esse cenário!

Hoje, é difícil encontrar alguém que desconheça a importância de praticar exercícios físicos regularmente para a manutenção de uma boa saúde. Além de ajudar a reduzir os riscos de problemas como pressão alta e cardiopatias, essa prática contribui para melhorar a qualidade do sono, melhora o humor e o condicionamento físico.

Além de informações corretas sobre como praticar cada exercício corretamente, é preciso ter acesso a bons equipamentos, roupas e calçados. Roupas inadequadas acabam por dificultar a execução correta dos movimentos, diminuem o rendimento de cada exercício e provocam incômodos.

Por isso, se você adora manter o corpo em movimento e está sempre antenado nas novidades dessa área, confira por que é importante ter boas roupas para academia e quais peças são imprescindíveis.

Impactos sobre os seios

A prática de atividades físicas, como a corrida, causam impacto em diferentes áreas do corpo. Algumas delas são os joelhos, os tornozelos e a lombar (área situada na base da coluna).

O alto impacto na corrida pode causar lesões como dor anterior do joelho, fratura por stress e fascite plantar. Para diminuir o impacto, a dica é: “estique” o corpo para cima, tente não fazer barulho ao correr e aterrisse o pé perto do corpo.

Nesse sentido, praticar corrida exige alguns cuidados que vão desde um bom tênis, capaz de amortecer os impactos, até roupas que favoreçam a dissipação do calor e a rápida evaporação do suor. Um acessório importante para as mulheres é o top, que garante uma boa sustentação aos seios e evita o aparecimento de dores posteriormente aos exercícios.

Como escolher

Comprar um top parece tarefa simples, mas exige atenção sobre diferentes aspectos. É preciso ter sempre em mente a importância de ter uma peça que garante maior sustentação para os seios, o primeiro fator a ser considerado com cautela é a medida do top — que deve ser na medida exata dos seus seios, nem maior, nem menor.

Um modo de verificar se o tamanho do top está adequado é checar se os seios estão totalmente dentro desse acessório. Se você observar que as mamas ficam com qualquer tipo de marca toda vez em que você usa o top, é melhor rever o tamanho da peça.

Também é recomendado que o top fique bem encorpado e em contato com o tórax, a fim de dar a sustentação correta. Outra dica é investir nos tops que possuem alças médias ou largas, o que é especialmente importante para quem tem seios bastante volumosos.

Se a largura e o comprimento das alças não forem adequadas, a mulher pode sentir dores no ombro e no músculo trapézio (localizado superficialmente na parte de trás do pescoço e do tórax). Os modelos que possuem alças que cruzam nas costas também são recomendados.Também é preciso ter atenção nos tecidos e optar pelos mais adequados à prática esportiva.

Alguns deles são o poliéster (versátil e com grande resistência a choques), poliamida (que possui um sistema de troca térmica para regular a transferência de calor e promove uma evaporação mais rápida do suor), viscolycra (com boa elasticidade e caimento) e o dry-fit (que permanece seco e confortável mesmo em um ambiente com altas temperaturas).

Um modelo que não é adequado para a prática de atividades físicas é o top frente única, já que não garante a sustentação necessária. Se você se sentir mais confortável, vale vestir dois tops ao mesmo tempo na hora da corrida.