Últimas Notícias

6 dicas de como parar de fumar

Abandonar um vício não é nada fácil. Muitos fumantes, apesar de quererem, infelizmente, não conseguem abandonar o tabagismo, e todo o estresse do dia a dia, só dificulta isso ainda mais, sendo preciso muita determinação e paciência.

Tão viciante e prejudicial como qualquer outra droga, o cigarro acaba sendo a  companhia de muitos em momentos de tensão, tristeza, estresse e, até mesmo, alegria. Por isso os fumantes sofrem tanto quando tentam deixar o vício, já que estão abandonando (na percepção deles) a forma que têm parta lidar com todas essas emoções e sentimentos.

O fato é que não existe milagre para acabar com o vício no cigarro mas, por outro lado, é possível chegar lá seguindo algumas dicas. Confira quais são:

1. Evite ficar perto de outros fumantes

Tal qual o alcoólatra deve fugir de bebidas, ficar longe de bares, para não cair na tentação  de beber, o mesmo acontece com quem quer abandonar o vício no cigarro. É preciso evitar ficar próximo de pessoas que fumam, e de ambientes em que o cigarro esteja presente, principalmente, nos primeiros dias.

E mais, caso costume fumar enquanto bebe, então, precisa evitar o álcool também, pelo menos, até que consiga desassociar a bebida do cigarro.

2. Crie novos hábitos

Não quer ter recaída? Então, a melhor opção é adotar um , ou mais, novos hábitos, para preencher seus dias. Ou seja, invista em caminhadas diárias, leia um bom livro, acompanhe séries/novelas ou filmes, adote um animal, faça algum curso, enfim, ocupe sua mente com coisas novas.

Outra dica é tentar enganar seu corpo e, assim, sempre que se sentir estressado ou ansioso, em vez de correr para o cigarro, beba um copo d’água ou masque um chiclete (sem açúcar!).

3. Diminua a quantidade aos poucos

Principalmente, se costuma fumar muitos cigarros por dia, uma dica é ir reservando uma quantidade diária, cada vez menor, para ir diminuindo seu consumo, e deixar com que seu corpo de acostume, aos poucos. Até porque se seu corpo costuma receber altas doses de nicotina por dia, parar com isso, de uma só vez, pode causar um choque de abstinência muito grande.

E também, para diminuir o consumo de nicotina diário, outra dica é apelar para o cigarro eletrônico preço bem mais acessível, que embora tenha nicotina, é em menor quantidade, portanto, ideal para quem deseja ir diminuindo aos poucos seu consumo.

Com certeza, seguindo essa dica, largar o vício vai ficar mais fácil e menos doloroso.

4. Busque apoio de pessoas próximas

Assim como é difícil fazer dieta com pessoas próximas se jogando em fast food e doces de todos os tipos, parar de fumar ao lado de fumantes convictos é, praticamente, impossível.

Por isso, busque o apoio de pessoas próximas, que estejam realmente preocupadas com a sua saúde, mantenha o foco, e caso se sinta fraco ou desmotivado, elas estarão prontas para oferecer ajuda e o incentivo que você precisa, sem julgá-lo em caso de recaídas.

5. Cuidado para não desenvolver outro vício

É normal quando um fumante abandona o cigarro, pelo menos, nos primeiros dias, ele se sentir muito nervoso e inquieto, o que pode ser um pulo para adotar um outro vício, como o de substâncias que servem como ansiolíticos, como cafeína e açúcar.

Por isso, muito cuidado, nada de trocar doze por uma dúzia. Certamente, não é pecado algum comer um docinho ou tomar um café para se acalmar, só não procure fazer desse hábito o seu novo vício.

6. Não desista

Embora seja muito difícil um fumante conseguir largar o cigarro em uma única tentativa, isso não é impossível. Inclusive, muitos acham mais fácil abandonar logo de vez do que aos poucos. A dica, porém,  é não desistir, mesmo após uma recaída, entender que isso é normal, que basta retomar o controle.  Por isso, procure não se torturar psicologicamente caso a recaída aconteça. O importante é não desistir.

Pronto, agora que você já conhece algumas dicas para parar de fumar, o resto é com você, só você pode ter o controle do seu vício e, para isso, terá que ter muita força de vontade e perseverança.