PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Política » Eleições 2018 » Deputados trocam socos em sessão de diplomação dos eleitos em Minas por cartaz ‘Lula Livre’

Deputados trocam socos em sessão de diplomação dos eleitos em Minas por cartaz ‘Lula Livre’

Deputados trocam socos em sessão de diplomação dos eleitos em Minas por cartaz ‘Lula Livre’

Com uma série de provocações inflamadas, a sessão de diplomação dos parlamentares mineiros e do governador eleito Romeu Zema (Novo), realizada na tarde desta quarta-feira (19), no Grande Teatro do Palácio das Artes, acabou com troca de socos entre os deputados federais Rogério Corrêa (PT) e Cabo Junio Amaral (PSL). A confusão começou após o parlamentar petista erguer uma placa com os dizeres “Lula Livre” e, em seguida, ser confrontado por Amaral.

Rogério Correia (PT) brigou com o deputado federal Cabo Junio Amaral (PSL)
Rogério Correia (PT) brigou com o deputado federal Cabo Junio Amaral (PSL)

 

Antes das agressões físicas, a deputada estadual eleita Beatriz Cerqueira (PT), que portava uma placa em apoio ao ex-presidente Lula, foi orientada pelo TRE-MG a não portar o objeto no palco do Palácio das Artes – apesar disso, não há nenhuma proibição do TRE-MG sobre manifestações políticas durante a cerimônia.

Após o imbróglio, o deputado Rogério Corrêa se levantou e ergueu a placa com os dizeres “Lula Livre”. Neste momento, o deputado Cabo Junio Amaral, que tinha acabado de ser diplomado, foi para cima do petista e arrancou a placa de suas mãos com um tapa. Em seguida, Rogério desferiu um soco no parlamentar do PSL, que revidou a agressão física. Os dois chegaram a trocar socos e chutes antes de serem separados por outros colegas.

Durante a confusão, o governador Romeu Zema chegou a se retirar da cerimônia por alguns minutos. A diplomação foi interrompida por dez minutos, mas a cerimônia já foi retomada.

Assista ao vídeo:

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *